Brasil

Celso Russomanno é o deputado federal mais votado neste ano

Com 1,5 milhão de votos, Russomanno supera Tiririca e torna-se o deputado federal com mais votos neste ano e o segundo mais votado na história do país


	Russomanno: o político vai para seu quinto mandato como deputado federal
 (Amanda Previdelli/EXAME.com)

Russomanno: o político vai para seu quinto mandato como deputado federal (Amanda Previdelli/EXAME.com)

Maurício Grego

Maurício Grego

Publicado em 5 de outubro de 2014 às 21h22.

São Paulo -- Com 99% das urnas já apuradas, Celso Russomanno, do PRB de São Paulo, soma 1,5 milhão de votos. É o deputado federal mais votado neste ano e o segundo na história do país.

Tirica, do PR de São Paulo, que foi o mais votado em 2010 com 1,3 milhão de votos, teve cerca de 1 milhão neste ano. Ainda assim, é o segundo mais votado em todo o país. 

O recorde histórico de votos para deputado federal continua sendo de Enéas Ferreira Carneiro, que morreu em 2007. O presidente do extinto Prona teve, em 2002, 1,57 milhão de votos.

Russomanno, que tem 58 anos, é formado em direito, mas ganhou fama nos anos 90 apresentando um quadro no programa jornalístico “Aqui Agora”, do SBT. No programa, ele mediava reclamações de consumidores contra empresas de diversos setores. 

A fama de defensor do consumidor impulsionou sua carreira política. Em 1994, quando se candidatou pelo PSDB, ele já foi o deputado federal mais votado. Depois disso, foi eleito duas vezes pelo PRB e uma pelo PP.

Em 2012, Russomanno se candidatou a prefeito de São Paulo pelo PRB, mas perdeu já no primeiro turno.

Acompanhe tudo sobre:Celso RussomannoEleiçõesEleições 2014Partidos políticosPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosPRB – Partido Republicano BrasileiroTiririca

Mais de Brasil

RS: eleitor tem até quinta-feira para regularizar ou transferir título

Governo flexibiliza Lei de Licitações para casos de calamidade como o Rio Grande do Sul

Sobe para 157 número de mortos devido às fortes chuvas no RS; veja serviços parados

Fortes chuvas devem atingir Sul e Nordeste; RS deve enfrentar frio intenso

Mais na Exame