Acompanhe:

Brasil leva cinco Leões de Ouro em Cannes

Com os 17 prêmios de Lions Health, o Brasil já chega a 43 Leões em 2015

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Três dos cinco ouros vieram na categoria Promo & Activation (ações promocionais), para duas campanhas da Ogilvy e outra para a FCB Brasil (Nivea)
 (Bloomberg)

Três dos cinco ouros vieram na categoria Promo & Activation (ações promocionais), para duas campanhas da Ogilvy e outra para a FCB Brasil (Nivea) (Bloomberg)

F
Fernando Scheller

Publicado em 23 de junho de 2015 às, 11h19.

Cannes - O Brasil ganhou 26 Leões no primeiro dia de premiações de Cannes Lions - Festival Internacional de Criatividade. O desempenho brasileiro incluiu cinco Leões de ouro, sendo dois para a Ogilvy, um para a AlmapBBDO, um para F/Nazca Saatchi & Saatchi e outro para a FCB Brasil.

Em número de prêmios, o desempenho foi mais forte em Promo & Activation (12). Depois vieram Press (11) e Direct (3). Com os 17 prêmios de Lions Health, o Brasil já chega a 43 Leões em 2015.

Três dos cinco ouros vieram na categoria Promo & Activation (ações promocionais), para duas campanhas da Ogilvy (ambos para a mesma ação para o time pernambucano Sport Clube Recife) e outra para a FCB Brasil (Nivea).

O quarto veio numa categoria em que o Brasil costuma ser forte, Press (mídia impressa), para um anúncio sobre o sistema de ar condicionado de um veículo da Volkswagen. A F/Nazca levou o quinto ouro em Direct.

Depois de ganhar o Grand Prix no ano passado, com outra campanha da FCB Brasil para a Nivea, o Brasil ficou completamente de fora dos prêmios distribuídos em Mobile Lions, voltado a campanhas desenvolvidas para dispositivos móveis.

Segundo Joanna Monteiro, vice-presidente da FCB e presidente do júri, os aspectos técnicos e de desenvolvimento tiveram forte peso na decisão do júri este ano, que era formado, em sua maioria, por profissionais de tecnologia - o que acabou prejudicando o Brasil.

O País também não recebeu nenhum Grand Prix até o momento. O presidente do júri de Promo & Activation, Matt Eastwood, disse que a campanha Nivea Doll, que distribuiu bonecas que simulam queimaduras de sol quando não usam protetor solar, chegou a disputar o prêmio máximo ao tentar conscientizar as crianças da importância dos cuidados com a pele. O júri, no entanto, acabou indo em outra direção.

Prêmios principais

No caso de Promo & Activation e também de Direct Lions - duas categorias que premiam campanhas que têm uma interação direta com o consumidor -, o cliente vencedor foi a Volvo.

Em Promo, o anúncio escolhido foi uma campanha de conscientização para os cuidados que os motoristas devem ter com os ciclistas.

A Grey London desenvolveu uma tinta especial que faz as bicicletas brilharem no escuro - a peça foi chamada de Tinta da Vida (Life Paint). Em Direct Lions, uma promoção feita pela Volvo em redes sociais no mercado americano recebeu o Grand Prix.

Trata-se de um caso clássico de campanha de baixo custo e alto impacto. A promoção pedia que internautas escrevessem um post sobre a Volvo toda a vez que um comercial de automóvel de qualquer marca fosse exibido na televisão.

A campanha da Grey New York não só promovia a Volvo, mas tentava também roubar a atenção da concorrência.

Em Press, a escolha foi baseada no melhor design. Dividido entre uma campanha global da Coca-Cola e outra específica para o sistema de aluguel de bicicletas de Buenos Aires, o júri optou pela última por causa da ousadia do trabalho artístico.

Apesar de ter sido veiculada na Argentina, o prêmio pertence aos EUA, pois a peça foi criada pela agência La Comunidad, de Miami.

Em Mobile Lions, o prêmio máximo não foi para uma agência de publicidade, mas para o Google, que desenvolveu uma ferramenta barata para que qualquer empresa desenvolva aplicativos de celular com o uso da realidade virtual.

Graças a essa tecnologia, o investimento em realidade virtual, que antes exigia milhares de dólares, agora é de US$ 20.

Pratas e bronzes

Entre os Leões de Prata do Brasil, um veio em Press (campanha da Y&R para a sorveteria Freddo), e quatro em Promo & Activation (FCB para Nivea e HP, DM9DDB para o Masp e Ogilvy para a instituição Graac).

Em Promo, o Brasil teve cinco bronzes (dois para FCB e um para Ogilvy, Publicis, Lew’LaraTBWA). Em Direct, foram mais dois (ambos para a FCB). Em Press, foram nove (Lew’Lara, Ogilvy, F.biz, Wunderman, Revolution, Y&R e Leo Burnett Tailor Made, além de dois para AlmapBBDO).

Últimas Notícias

Ver mais
A IA pode mudar a forma como nos enxergamos?
Inteligência Artificial

A IA pode mudar a forma como nos enxergamos?

Há 14 horas

Usei IA para escrever mais rápido, mas me custou a imaginação
Inteligência Artificial

Usei IA para escrever mais rápido, mas me custou a imaginação

Há uma semana

Spotify revela as campanhas que mais se destacaram na plataforma em 2023
seloMarketing

Spotify revela as campanhas que mais se destacaram na plataforma em 2023

Há uma semana

Associação Brasileira de Anunciantes apresenta nova gestão 2024-2026
seloMarketing

Associação Brasileira de Anunciantes apresenta nova gestão 2024-2026

Há 3 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais