Acompanhe:

Bolsonaro sobre operação fake news: "Não teremos outro dia igual a ontem"

Bolsonaro afirmou que os investigados em inquérito do STF não são "bandidos"

Modo escuro

Continua após a publicidade
Bolsonaro: presidente afirmou que foi um "dia triste", mas disse que será o "último" (Alan Santos/PR/Flickr)

Bolsonaro: presidente afirmou que foi um "dia triste", mas disse que será o "último" (Alan Santos/PR/Flickr)

A
Agência O Globo

Publicado em 28 de maio de 2020 às, 10h41.

Última atualização em 28 de maio de 2020 às, 10h45.

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quinta-feira os alvos da operação realizada desta quarta-feira, por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), que apura fake news e ataques contra ministros da Corte. Bolsonaro disse que os investigados — que são seus apoiadores — não são "bandidos".

"Não são bandidos, não são marginais, não são traficantes. Muito pelo contrário", disse Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro afirmou que foi um "dia triste", mas disse que será o "último".

"Mais um dia triste na nossa história. Mas o povo tenha certeza, foi o último dia triste", disse o presidente, acrescentando depois: "Repito, não teremos outro dia igual ontem. Chega. Chegamos no limite. Estou com as armas da democracia na mão. Eu honro o juramento que fiz quando assumi a presidência da República".

Últimas Notícias

Ver mais
Censo Escolar: Brasil tem quase 1,3 milhão de estudantes sem acesso a água potável nos colégios
Brasil

Censo Escolar: Brasil tem quase 1,3 milhão de estudantes sem acesso a água potável nos colégios

Há 3 horas

Silvio Costa Filho, ministro de Portos e Aeroportos, é entrevistado pela EXAME nesta segunda
Brasil

Silvio Costa Filho, ministro de Portos e Aeroportos, é entrevistado pela EXAME nesta segunda

Há 3 horas

STF terá estreia de Dino, sobras eleitorais e recurso contra anulação de provas da Odebrecht
Brasil

STF terá estreia de Dino, sobras eleitorais e recurso contra anulação de provas da Odebrecht

Há 3 horas

Lula deve abordar crise entre Guiana e Venezuela na viagem ao Caribe
Brasil

Lula deve abordar crise entre Guiana e Venezuela na viagem ao Caribe

Há 3 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais