Acompanhe:

As melhores e piores capitais para se viver no Brasil

Levantamento da consultoria Macroplan mostra que Curitiba (PR) garantiu o primeiro lugar no ranking entre as melhores capitais do país

Modo escuro

Continua após a publicidade
 (Gabriel Flores / Prefeitura de Macapá/Divulgação)

(Gabriel Flores / Prefeitura de Macapá/Divulgação)

V
Valéria Bretas

Publicado em 22 de abril de 2017 às, 06h00.

Última atualização em 22 de abril de 2017 às, 06h01.

São Paulo – Com pouco mais que 460 mil habitantes, a cidade de Macapá (AP) é a primeira na lista das piores capitais para se viver no Brasil, segundo estudo da consultoria Macroplan.

Para chegar a esta conclusão, a consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade.

O ranking foi formado por um índice que vai de 0 a 1 – quanto mais próximo de zero, pior é a condição de vida no local. Macapá ficou com um índice de 0,434.

Alguns exemplos explicam os pontos negativos da capital amapaense. Na área de saúde, por exemplo, Macapá aparece na 89ª posição entre as 100 maiores cidades do Brasil. Motivo? A cidade tem uma das mais altas taxas de mortalidade infantil e baixa cobertura de atendimento básico.

EXAME.com não conseguiu contato com a prefeitura da cidade até a publicação desta reportagem.

No extremo oposto está  Curitiba (PR), que garantiu o primeiro lugar no ranking entre as melhores capitais do país, com índice de 0,695. Segundo o estudo, a cidade tem bons resultados nas quatro áreas analisadas pela consultoria.

Por lá, segundo o levantamento da Macroplan, 100% da população é atendida com água encanada e  coleta de lixo. A título de comparação, na capital do Amapá, apenas 36,4% dos moradores têm água encanada.

Veja as melhores e piores capitais para se viver no Brasil e o desempenho de cada uma delas nas quatro áreas analisadas pela consultoria.

O RANKING DAS CAPITAIS DO PAÍS

RankingCapitalEstadoÍndice
CuritibaPR0,696
FlorianópolisSC0,686
VitóriaES0,681
Belo HorizonteMG0,677
São PauloSP0,673
PalmasTO0,657
Campo GrandeMS0,645
Rio de JaneiroRJ0,627
GoiâniaGO0,622
10ºPorto AlegreRS0,622
11ºBoa VistaRR0,593
12ºJoão PessoaPB0,574
13ºCuiabáMT0,569
14ºFortalezaCE0,566
15ºSalvadorBA0,555
16ºRecifePE0,543
17ºNatalRN0,542
18ºTeresinaPI0,536
19ºRio BrancoAC0,529
20ºManausAM0,528
21ºAracajuSE0,512
22ºSão LuísMA0,508
23ºBelémPA0,486
24ºMaceióAL0,473
25ºPorto VelhoRO0,470
26ºMacapáAP0,434

COMO CADA CAPITAL SE SAIU EM EDUCAÇÃO E CULTURA

RankingCapitalUFÍndice
VitóriaES0,630
FlorianópolisSC0,619
São PauloSP0,579
PalmasTO0,557
Belo HorizonteMG0,546
CuritibaPR0,543
Rio de JaneiroRJ0,540
CuiabáMT0,536
Campo GrandeMS0,529
10ºTeresinaPI0,526
11ºRio BrancoAC0,504
12ºGoiâniaGO0,503
13ºSão LuísMA0,494
14ºFortalezaCE0,492
15ºPorto AlegreRS0,485
16ºManausAM0,465
17ºBoa VistaRR0,460
18ºRecifePE0,445
19ºPorto VelhoRO0,439
20ºNatalRN0,434
21ºJoão PessoaPB0,416
22ºAracajuSE0,378
23ºBelémPA0,369
24ºSalvadorBA0,369
25ºMacapáAP0,362
26ºMaceióAL0,341

COMO CADA CAPITAL SE SAIU EM SAÚDE

RankingCapitalEstadoÍndice
CuritibaPR0,692
PalmasTO0,688
VitóriaES0,686
Belo HorizonteMG0,682
FlorianópolisSC0,671
Campo GrandeMS0,622
GoiâniaGO0,605
FortalezaCE0,601
São PauloSP0,598
10ºPorto AlegreRS0,593
11ºNatalRN0,587
12ºBoa VistaRR0,587
13ºJoão PessoaPB0,577
14ºPorto VelhoRO0,568
15ºTeresinaPI0,557
16ºRio de JaneiroRJ0,556
17ºManausAM0,554
18ºRio BrancoAC0,548
19ºCuiabáMT0,548
20ºRecifePE0,544
21ºAracajuSE0,537
22ºBelémPA0,535
23ºSalvadorBA0,520
24ºMaceióAL0,507
25ºMacapáAP0,498
26ºSão LuísMA0,497

 

SEGURANÇA

RankingCapitalEstadoÍndice
São PauloSP0,888
FlorianópolisSC0,851
Rio de JaneiroRJ0,828
Campo GrandeMS0,803
Belo HorizonteMG0,759
Boa VistaRR0,759
CuritibaPR0,741
MacapáAP0,740
BelémPA0,738
10ºPorto AlegreRS0,731
11ºManausAM0,726
12ºRio BrancoAC0,721
13ºSalvadorBA0,705
14ºPalmasTO0,686
15ºVitóriaES0,670
16ºPorto VelhoRO0,664
17ºRecifePE0,663
18ºNatalRN0,633
19ºCuiabáMT0,617
20ºJoão PessoaPB0,590
21ºGoiâniaGO0,582
22ºAracajuSE0,579
23ºMaceióAL0,523
24ºTeresinaPI0,503
25ºFortalezaCE0,477
26ºSão LuísMA0,476

COMO CADA CAPITAL SE SAIU EM SANEAMENTO E SUSTENTABILIDADE

RankingCapitalEstadoÍndice
CuritibaPR0,945
GoiâniaGO0,874
São PauloSP0,869
SalvadorBA0,868
Belo HorizonteMG0,860
Porto AlegreRS0,858
João PessoaPB0,831
Campo GrandeMS0,814
Rio de JaneiroRJ0,811
10ºVitóriaES0,767
11ºPalmasTO0,764
12ºBoa VistaRR0,761
13ºFlorianópolisSC0,758
14ºAracajuSE0,672
15ºFortalezaCE0,668
16ºRecifePE0,660
17ºCuiabáMT0,641
18ºMaceióAL0,618
19ºNatalRN0,609
20ºSão LuísMA0,566
21ºTeresinaPI0,533
22ºManausAM0,505
23ºBelémPA0,495
24ºRio BrancoAC0,457
25ºMacapáAP0,316
26ºPorto VelhoRO0,274

FONTE DOS INDICADORES

*Todos os dados foram coletados de órgãos Governamentais da União, dos Estados e Municípios entre os anos de 2004 e 2015. Veja aqui todas as fontes dos indicadores.

Últimas Notícias

Ver mais
Universalização do saneamento pode gerar R$ 47 bilhões para quem vive no Paraná
ESG

Universalização do saneamento pode gerar R$ 47 bilhões para quem vive no Paraná

Há 3 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais