Brasil

Arena das Dunas testará iluminação durante réveillon

Todas as luzes do estádio serão acesas às 22 horas desta terça-feira, mas nenhum evento será realizado no interior da Arena das Dunas


	Arena das Dunas, em Natal: estádio será inaugurado em 20 de janeiro, com a esperada presença da presidente Dilma Rousseff
 (Glauber Queiroz/Portal da Copa)

Arena das Dunas, em Natal: estádio será inaugurado em 20 de janeiro, com a esperada presença da presidente Dilma Rousseff (Glauber Queiroz/Portal da Copa)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de dezembro de 2013 às 17h47.

Natal - A passagem do ano também marcará um teste para a Copa do Mundo de 2014, evento mais aguardado do próximo ano no Brasil. Isso porque a Arena das Dunas, estádio de Natal que receberá jogos do Mundial, receberá um teste de iluminação na noite desta terça-feira, durante a festa de réveillon.

"Já testamos som, telões, parte hidráulica, de segurança e em breve serão feitas simulações com usuários testando catracas, poltronas e dependências do estádio", explica o engenheiro Charles Maia, diretor da Arena das Dunas.

De acordo com o governo do Rio Grande do Norte, todas as luzes do estádio serão acesas às 22 horas desta terça-feira, mas nenhum evento será realizado no interior da Arena das Dunas, que será inaugurada em 20 de janeiro, com a esperada presença da presidente Dilma Rousseff. Três dias depois haverá festa de confraternização entre operários que trabalharam na obra.

Os primeiros jogos serão disputados em 26 de janeiro, com América-RN x Confiança, pela Copa do Nordeste, e ABC x Alecrim, pelo Campeonato Potiguar, de forma a levar ao estádio as duas maiores torcidas do Rio Grande do Norte.

Acompanhe tudo sobre:cidades-brasileirasCopa do MundoEsportesEstádiosFutebolNatal (RN)

Mais de Brasil

PL do Aborto gera manifestações em ao menos oito cidades

Rio quer atrair investimentos da Arábia Saudita e criar hub para Data Centers - inclusive submarinos

Microexplosão atinge município gaúcho de São Luiz Gonzaga

Combate ao fogo no Parque de Itatiaia continua, sem previsão de fim

Mais na Exame