Acompanhe:

Após ser chamado de bandido, Telmário rebate Jucá

Senador Telmário Mota rebateu as ofensas de Romero Jucá ao protocolar denúncia contra ele no Conselho de Ética

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Telmário Mota: "Nunca fui do grupo dele, porque sempre tive o cuidado de não andar com más companhias"
 (Jane de Araújo/Agência Senado)

Telmário Mota: "Nunca fui do grupo dele, porque sempre tive o cuidado de não andar com más companhias" (Jane de Araújo/Agência Senado)

I
Isabela Bonfim

Publicado em 24 de maio de 2016 às, 14h50.

Brasília - A denúncia contra Romero Jucá (PMDB-RR) no Conselho de Ética resultou em uma troca pública de farpas com o rival regional, Telmário Mota (PDT-RR). O pedetista foi o responsável por protocolar o processo disciplinar por quebra de decoro parlamentar contra Jucá.

Na tribuna do Congresso Nacional, já exonerado do cargo de ministro do Planejamento, o senador Jucá chamou Telmário de "bandido" e "desqualificado". No Senado, ao protocolar o a denúncia, Telmário rebateu.

"O Jucá pensa que todo mundo é do grupo dele. Nunca fui do grupo dele, porque sempre tive o cuidado de não andar com más companhias", disse.

Jucá também atacou a esposa de Telmário, Suzete Macedo de Oliveira. A Justiça de Roraima pediu a prisão de Suzete e outras cinco pessoas por envolvimento no chamado "escândalo dos gafanhotos", que desviou R$ 70 milhões em convênios oriundos da União em 2002.

Telmário não negou as acusações contra a esposa e disse que ela vai responder.

"Ela responde por um processo por causa do caso gafanhotos, mas nunca se escondeu por isso. Ela responde como uma cidadã comum e quando a justiça achar que ela tem que pagar, ela vai pagar", disse.

E aproveitou para atacar Jucá que, segundo ele, usa cargos públicos para proteger as ex-esposas.

Últimas Notícias

Ver mais
O que diz a PEC das drogas aprovada pelo Senado e qual o impacto no julgamento do STF?
Brasil

O que diz a PEC das drogas aprovada pelo Senado e qual o impacto no julgamento do STF?

Há 3 horas

CCJ: relator acata sugestões da oposição para cota racial em concurso
Brasil

CCJ: relator acata sugestões da oposição para cota racial em concurso

Há 6 horas

Aumento de benefícios salariais para juízes e promotores avança no Senado
Brasil

Aumento de benefícios salariais para juízes e promotores avança no Senado

Há 6 horas

Lula cobra pedido de desculpas do Equador por invasão de Embaixada do México
Brasil

Lula cobra pedido de desculpas do Equador por invasão de Embaixada do México

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais