Após ordem do STF, Zambelli entrega pistola à Polícia Federal

Deputada enviou arma por meio de um intermediário para a Superintendência da PF de São Paulo

Deputada federal Carla Zambelli (divulgação/Divulgação)

Deputada federal Carla Zambelli (divulgação/Divulgação)

AO

Agência O Globo

Publicado em 28 de dezembro de 2022 às 17h11.

Última atualização em 28 de dezembro de 2022 às 17h23.

A deputada Carla Zambelli (PL-SP) cumpriu determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) e entregou nesta quarta-feira sua pistola à Polícia Federal de São Paulo.

Ela não foi pessoalmente entregar o artefato. A entrega foi feita por meio de um intermediário.

A ordem havia sido proferida pelo ministro do STF Gilmar Mendes após um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que apontou possibilidade de crime na conduta de Zambelli por ter apontado uma arma para pessoas em São Paulo, na véspera do segundo turno da eleição.

"O tensionamento político atual, a iminente transição pacífica de poder e o porte indevido da arma de fogo para suposto exercício do direito de defesa da honra revelam que a suspensão cautelar do porte e a apreensão da arma de fogo são medidas suficientes para coibir a reiteração do delito investigado e resguardar a ordem pública", escreveu a PGR na ocasião.

LEIA TAMBÉM:

 

Mais de Brasil

Conflitos por terra batem recorde no Brasil no primeiro ano do governo Lula

Cármen Lúcia mantém condenação de Deltan por Power Point contra Lula

Risco fiscal está 'drenando oportunidades' do Brasil, diz Tarcísio

Fluxo de passageiros para o exterior cresce pelo 24º mês seguido mostra Anac

Mais na Exame