Brasil

Anvisa recebe pedido de uso emergencial da Coronavac

Fiocruz também deve encaminhar nesta sexta solicitação de uso emergencial da vacina do laboratório AstraZeneca desenvolvida com a universidade de Oxford.

Anvisa deve analisar pedido de uso emergencial da Coronavac em até dez dias (Charles Platiau/Reuters)

Anvisa deve analisar pedido de uso emergencial da Coronavac em até dez dias (Charles Platiau/Reuters)

CA

Carla Aranha

Publicado em 8 de janeiro de 2021 às 10h17.

Última atualização em 10 de janeiro de 2021 às 08h23.

A Anvisa informou nesta sexta-feira, dia 8, que recebeu o pedido de registro emergencial da vacina Coronavac, enviada pelo Instituto Butantan. A Anvisa afirmou em nota que deu início à análise dos documentos. Até segunda-feira, a checagem das informações apresentadas deverá ser finalizada. Caso haja necessidade de dados adicionais, no entanto, o processo pode ser interrompido.

A análise de uso emergencial da vacina deverá ser realizada em até dez dias, se não houver pedidos pendentes de novas informações, de acordo com a Anvisa.

A Fiocruz também deve pedir nesta sexta-feira, 8, o uso emergencial da vacina que desenvolve contra a covid-19. O imunizante é desenvolvido em uma parceria com o laboratório AstraZeneca e a universidade de Oxford.

(reportagem em atualização)

 

Acompanhe tudo sobre:AnvisaCoronavírusInstituto Butantanvacina contra coronavírusVacinas

Mais de Brasil

Saldo bloqueado FGTS: o que fazer para desbloquear 

PIS e Cofins: saiba o que são e como calcular as alíquotas

O que é SSP: conheça o órgão emissor ou expedidor do RG

Defensoria Pública de SP recorre ao STF contra flexibilização nas câmeras corporais na PM

Mais na Exame