Cringe é não poupar dinheiro

Não importa se você é da geração Z, X, millennial ou boomer, guardar dinheiro nunca será brega. Mas você sabe quanto poupar, de acordo com sua idade?

Se você está acompanhando as trends e memes que tão rolando na internet, já deve estar por dentro das diferenças de cada geração. Mas sabe o que ainda não viralizou? A info de quanto dinheiro seria o ideal poupar em cada uma dessas fases da vida.

Uma coisa é igual pra todas as gerações: a importância de guardar dinheiro pra emergências e pro futuro. Você nunca é muito jovem ou muito velho pra isso.

Por isso, vamos mostrar que usar a faixa de idade pode ser bem útil pra estimar quanto dinheiro você deve poupar pra vários momentos da vida e definir metas de economia.

Logo abaixo, você também poderá fazer um teste pra descobrir se você é cringe na vida financeira.

Dinheiro: poupar pra ter. É sobre isso, Geração Z

Antes de qualquer coisa, não fique na bad se ainda não tem economias.  É normal nessa fase. Tem os gastos com os estudos (e rolês que a gente sabe) e, com a grana do primeiro emprego ou do estágio, não dá pra fazer milagres.

Maaas, dá pra usar a criatividade de tiktokers que só você tem pra fazer um orçamento (diga oi pra melhores decisões financeiras) e reduzir um pouco dos  lanches pra juntar um dinheirinho. Geralmente, as pessoas só se tocam mais tarde de que isso é necessário e perdem preciosos anos que seriam favoráveis ao rendimento do money. O tempo é seu maior hack, Gen Z.

Se conseguir poupar entre 5% e 10% do seu ganho, vai estar acima da média em menos de uma década. E como você tá on e super conectado com a tecnologia, use apps pra te ajudar a se organizar, economizar e poupar.

Millennial, não se conforme!

Falarem que você não é mais jovem até vai, mas que não tem nenhum dinheiro guardado aí já é demais.

Coloque o pé no freio de compras não essenciais, bota seu planejamento pra jogo, quebre padrões (sei que ama) e junte dinheiro. Seu sonho de liberdade financeira e de viver experiências incríveis passa por poupar grana pra imprevistos e pro futuro.

Pra ficar mais de boa, é interessante poupar de 3 a 6 meses da renda como fundo de emergência. Mas, uma forma de não seguir o fluxo e estar melhor do que a média, é juntar ao menos 1 ano de sua renda nessa fase ˜ela faz a aposentadoria dela˜.

Fora das tretas, é estabilidade que você gosta, né Geração X?!

Nas finanças, poupar dinheiro é uma das bases pra se alcançar isso.

Depois dos 40, o ideal é ter uma reserva de pelo menos 3 vezes a sua renda anual. Nessa fase, muitos têm família pra cuidar e várias contas pra cobrir. É bom ter poupado mais do que a média pra não passar dificuldades e viver uma vida mais confortável.

Se já está nessa fase e acha que não dá mais tempo, lembre-se daqueles seus ideais de aposentadoria. Dá uma avaliada no seu orçamento e nos seus gastos dos últimos meses pra ver onde dá pra economizar. Crie uma meta pra separar um tantinho do seu salário, mesmo que precise sacrificar algum consumo.

Esse esforço de agora pra poupar vai render lá no seu futuro.

Ok, boomer, que tal valorizar a reserva de grana como você valoriza o trabalho duro?

Aliás, guardar um pouco desse dindin suado é dar o valor que ele tanto merece.

Depois dos 50 anos, é bom já ter um pé de meia. A idade de se aposentar tá chegando ou já chegou e é preciso estar preparado pra ter uma velhice mais tranquila. O ideal é que seu dinheiro poupado nessa idade seja 5 vezes maior que sua renda anual.

Ainda não tem essa grana? Use seus objetivos de aposentadoria e a preocupação em ter que trabalhar depois de idoso como motivação pra economizar e sua paciência e disciplina pra poupar um dinheirinho, ainda que seja pra complementar a aposentadoria pelo INSS.

Lembretinho pra todas as gerações

Você não tem que seguir rigidamente esses números, eles servem como referência. Afinal, muitas coisas afetam a nossa capacidade de poupar ao longo da vida. Além disso, outros fatores entram em jogo, como estilo de vida, renda, benefícios onde trabalha etc. Mas, decida juntar dinheiro pra emergências e pro futuro. Você não se arrependerá!

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também