EXAME Agro

Arábia Saudita abre mercado para sementes brasileiras de variadas espécies

O mercado saudita apresenta grande potencial, com sua crescente demanda por importação de sementes, impulsionada pelo programa de desenvolvimento da produção de hortaliças em estufas

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 6 de abril de 2024 às 16h13.

A Arábia Saudita abriu o mercado para as exportações de sementes brasileiras de variadas espécies, informou o Ministério da Agricultura e Pecuária e das Relações Exteriores, em comunicado.

O mercado saudita apresenta grande potencial, com sua crescente demanda por importação de sementes, impulsionada pelo programa de desenvolvimento da produção de hortaliças em estufas, disse o governo.

Em 2023, segundo o Ministério da Agricultura e Abastecimento, o agronegócio brasileiro comercializou mais de US$ 250 milhões em sementes no mercado global, o que equivale a 47 mil toneladas, beneficiando mais de 120 países.

11º maior destino de produtos brasileiros

A Arábia Saudita é o 11º maior destino dos produtos agrícolas do Brasil, com exportações de US$ 2,93 bilhões no ano passado.

Acompanhe tudo sobre:Exame-AgroAgronegócioMinistério da Agricultura e Pecuária

Mais de EXAME Agro

BB abre linhas de crédito de R$ 2 bilhões para agricultores do RS

Projeto A.Mar fortalece e valoriza a pesca artesanal no litoral de São Paulo

Com risco de derrota, governo faz acordo e adia votação de vetos a trechos de PL dos Agrotóxicos

Agro do RS estima perdas de R$ 3 bilhões em áreas de grãos alagadas

Mais na Exame