Ser muito emotivo atrapalha a carreira?

Eduardo Ferraz, autor do livro “Seja a Pessoa Certa no Lugar Certo”, explica se a emoção pode ser uma vilã de carreira
C
Camila PatiPublicado em 10/11/2014 às 07:00.

São Paulo – Deixar-se levar pela emoção no ambiente de trabalho pode comprometer o sucesso profissional? Eduardo Ferraz, consultor e autor do livro “Seja a Pessoa Certa no Lugar Certo” tem a resposta em mais um dos vídeos de carreira