Exame.com
Continua após a publicidade

Com quem devo conversar sobre remuneração?

Confira no vídeo de carreira as dicas do especialista em negociação, Breno Paquelet, autor do livro "Pare de Ganhar Mal"

(foto/Getty Images)
C
Camila Pati

Publicado em 8 de outubro de 2019 às, 09h58.

Última atualização em 8 de outubro de 2019 às, 09h58.

São Paulo - Breno Paquelet, autor do livro "Pare de Ganhar Mal", diz que conversar com o gestor direto é o melhor caminho para discutir remuneração. Em casos específicos e pontuais é possível falar com o gestor de RH, mas essa atitude é mais arriscada e ele explica por que, em mais um dos vídeos de carreira

Continua após a publicidade

Veja Também

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel
Mundo

Há 3 horas • 2 min de leitura

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel

O que é FIDC, como funciona e como investir?
seloGuia de Investimentos

Há 3 horas • 6 min de leitura

O que é FIDC, como funciona e como investir?

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Ivson Coêlho: o papel da ZFM no desenvolvimento econômico e social da região amazônica
Um conteúdo Bússola

Há 3 horas • 3 min de leitura

Ivson Coêlho: o papel da ZFM no desenvolvimento econômico e social da região amazônica

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de R$ 3,2 milhões
Mundo

Há 3 horas • 2 min de leitura

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de R$ 3,2 milhões

Pioneira em tecnologias para todo mundo ter uma loja online, curitibana Olist quer 'virar banco'
seloNegócios

Há 3 horas • 3 min de leitura

Pioneira em tecnologia para e-commerce, curitibana Olist quer 'virar banco'

Milei escreve nova carta a Lula em busca de aproximação após oferecer ajuda a Musk
Brasil

Há 3 horas • 4 min de leitura

Milei escreve nova carta a Lula em busca de aproximação após oferecer ajuda a Musk

Ataque em igreja na Austrália é tratado como terrorismo pelas autoridades
Mundo

Há 3 horas • 2 min de leitura

Ataque em igreja na Austrália é tratado como terrorismo pelas autoridades