Acompanhe:

Uber pagará US$ 700 milhões a autoridades fiscais do Reino Unido

A decisão chegou depois de uma sentença da Suprema Corte do Reino Unido, que considerou os motoristas da plataforma, efetivamente trabalhadores assalariados

Modo escuro

Continua após a publicidade
O grupo esclareceu que esse gasto não terá "impacto significativo" em suas contas (Reprodução/Unsplash)

O grupo esclareceu que esse gasto não terá "impacto significativo" em suas contas (Reprodução/Unsplash)

A
AFP

Publicado em 1 de novembro de 2022 às, 20h04.

Última atualização em 1 de novembro de 2022 às, 20h15.

A Uber anunciou, nesta terça-feira (1º), que pagará 615 milhões de libras (cerca de US$ 700 milhões) às autoridades fiscais do Reino Unido pelo atraso no pagamento de um imposto vinculado a uma decisão judicial que estabeleceu a existência de relação contratual entre a plataforma e seus motoristas.

Em dezembro de 2021, o Tribunal Superior de Londres determinou que as plataformas de veículos que operavam na capital britânica não eram, como argumentava a Uber, meros "agentes", mas tinham uma relação contratual direta com os clientes.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

A decisão chegou depois de uma sentença da Suprema Corte do Reino Unido que, em fevereiro de 2021, considerou que os motoristas que atuavam nas plataformas eram efetivamente trabalhadores assalariados e não autônomos.

A decisão do Tribunal Superior teve como efeito obrigar os aplicativos de transporte compartilhado a incorporarem o imposto sobre valor agregado (IVA) em suas tarifas.

Depois, as autoridades tributárias do Reino Unido reivindicaram à Uber o pagamento dessa taxa.

Para além dos resultados do terceiro trimestre de 2022, divulgados nesta terça, a Uber indicou que, na segunda-feira, chegou-se a um acordo entre as duas partes, que prevê o pagamento de 615 milhões de libras às autoridades fiscais britânicas antes do fim do ano.

O grupo esclareceu que esse gasto não terá "impacto significativo" em suas contas. "Temos reservas suficientes" relacionadas com esse expediente, afirmou a Uber em um comunicado à imprensa.

LEIA TAMBÉM: 

Últimas Notícias

Ver mais
Milei reitera reivindicação por Malvinas e chama argentinos à reconciliação com as Forças Armadas
Mundo

Milei reitera reivindicação por Malvinas e chama argentinos à reconciliação com as Forças Armadas

Há 5 dias

EUA e Reino Unido estabelecem primeira parceria bilateral para segurança em IA
Inteligência Artificial

EUA e Reino Unido estabelecem primeira parceria bilateral para segurança em IA

Há 6 dias

Reino Unido confisca R$ 38 milhões de homem que mentiu sobre criação do bitcoin
Future of Money

Reino Unido confisca R$ 38 milhões de homem que mentiu sobre criação do bitcoin

Há uma semana

O que o Brasil pode esperar com o novo CEO da Câmara de Comércio Brasil-Reino Unido?
seloCarreira

O que o Brasil pode esperar com o novo CEO da Câmara de Comércio Brasil-Reino Unido?

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais