Tecnologia

Tim Cook relembra Steve Jobs, morto há dois anos

Amanhã faz dois anos que Steve Jobs morreu. Tim Cook enviou uma mensagem aos funcionários da Apple sobre a data


	Steve Jobs apresenta o iPhone: o fundador da Apple morreu em 5 de outubro de 2011
 (Dave Paul Morris/ Getty Images)

Steve Jobs apresenta o iPhone: o fundador da Apple morreu em 5 de outubro de 2011 (Dave Paul Morris/ Getty Images)

Maurício Grego

Maurício Grego

Publicado em 4 de outubro de 2013 às 18h35.

São Paulo -- Neste sábado, faz dois anos que Steve Jobs morreu. O fundador da Apple, que tinha câncer havia nove anos, permaneceu no comando da empresa até não poder mais. Antes de sair, tratou de fazer seu sucessor, Tim Cook.

Num e-mail enviado aos funcionários da Apple, Cook relembra o legado de Jobs numa breve homenagem. O blog 9to5Mac publicou o texto, que traduzimos a seguir:

Equipe

Amanhã marca o segundo aniversário da morte de Steve. Espero que todos reflitam sobre o que ele significava para todos nós e para o mundo. Steve eras um ser humano impressionante e fez do mundo um lugar melhor.

Penso nele com frequência e encontro enorme força nas memórias de sua amizade, visão e liderança. Ele deixou uma empresa que só ele poderia ter construído e seu espírito será sempre o alicerce da Apple.

Vamos continuar a honrar sua memória nos dedicando ao trabalho que ele tanto amava. Não há tributo melhor à sua memória. Sei que ele estaria orgulhoso de todos vocês.

Saudações,

Tim

No primeiro aniversário da morte de Jobs, no ano passado, a Apple produziu um vídeo em tributo ao fundador. O vídeo combina imagens de Jobs apresentando alguns dos produtos de maior sucesso da Apple -- iMac, iPod, iPhone -- com frases dele (em inglês) sobre esses produtos. Confira:

//www.youtube.com/embed/dInYmYI7Q20?rel=0

Acompanhe tudo sobre:AppleCelularesEmpresáriosEmpresasEmpresas americanasempresas-de-tecnologiaiMaciPhoneiPodPersonalidadesSmartphonesSteve JobsTecnologia da informaçãoTim Cook

Mais de Tecnologia

Alexa, da Amazon, pode subir preço em versão mais inteligente para competir com ChatGPT

CEO da Nvidia ganha US$ 7,6 bilhões em um só dia

Muito tempo no celular? Veja dicas para diminuir seu tempo de tela

Dez anos de Spotify no Brasil: o app que extinguiu a pirataria e virou sinônimo de música

Mais na Exame