Positivo anuncia notebook híbrido com processador Intel por R$ 1 mil

Empresa também anunciou novo tablet com processador quad core

A Positivo Informática anunciou nesta quinta-feira (28), em uma coletiva de imprensa realizada em São Paulo, o novo notebook híbrido chamado de Duo ZX 3000. O aparelho será vendido por 1 mil reais a partir de outubro deste ano e conta com processador Intel Atom Z3735G quad core.

O produto oferece dois modos de uso: como um notebook comum ou como tablet, uma vez que a sua tela é destacável.

O sistema operacional é o Windows 8.1 e o Duo ZX 3000 possui a configuração de hardware de um tablet. A tela do aparelho tem 10.1 polegadas (1280 por 800p), há 16GB para armazenamento de arquivos, 1GB de memória RAM, Wi-Fi padrão b/g/n, Bluetooth 4.0,  e duas câmeras, uma para videochamadas e outra para registros do cotidiano, que tem resolução de 2MP.

O processador Intel Atom Z3735G foi apresentado no primeiro trimestre deste ano, possui quatro núcleos e litografia de 22 nanômetros.

A linha de tablets da companhia também ganhou um novo integrante: o Positivo Mini Quad. O aparelho tem processador quad core, mas, diferentemente da geração anterior do produto, o componente utilizado não é da ARM e, sim, da Intel. A fabricante de chips informou que investe no segmento de tablets prioritariamente e pretende fechar o ano de 2014 com presença em 20 modelos produtos desta categoria.

O design do Positivo Mini Quad não mudou em relação ao modelo prévio, o acabamento da parte traseira mistura alumínio e plástico e a fluidez do sistema é boa. O gadget roda Android 4.2, tem tela IPS de 7,85 polegadas com resolução de 1024 por 768p, 1GB de RAM, 8GB de armazenamento interno (expansível por meio de cartão microSD), além de uma câmera VGA para videochamadas e outra de 5MP, sem flash. O tablet chega ao mercado a partir de outubro, nas redes de varejo, com preço sugerido de 599 reais.

De acordo com análise do INFOlab, o primeiro Positivo Mini apresentou um bom desempenho, apesar de rodar um sistema Android desatualizado e ofereceu um bom custo-benefício. Este novo produto, com base em testes preliminares, parece repetir a fórmula que alia baixo custo com uma experiência de uso agradável.

[Review: Positivo Mini]

O Positivo Mini Duo não será vendido em operadoras de telefonia móvel pelo fato de não possuir entrada para chip. Além disso, a empresa informa que a contenção de custos para oferecer o produto por 599 reais foi a eliminação da tecnologia de geolocalização (GPS). Essencialmente, isso impede o uso de aplicativos que pedem ou oferecer recursos de localização, como o Instagram ou o Foursquare.

Sobre o sistema Android KitKat chegar ao produto, Maurício Roorda, vice presidente de marketing e produto da Positivo Informática, disse que o software está em fase de adequação para oferecer a mesma performance que o Jelly Bean. Entretanto, não há previsão da disponibilização desta edição mais atualizada do sistema.

“Vimos que existem dois caminhos no mercado de tecnologia: trazer os melhores produtos, com foco no desempenho, ou manter o foco na popularização dos aparelhos. Na história da Intel, vimos companhias irem para um caminho ou para outro, abrindo mão de algo. A Positivo busca um terceiro caminho, oferecendo produtos de qualidade para grande parte da sociedade”, afirmou David Gonzalez, diretor geral da Intel para o Brasil.

Os aparelhos serão vendidos pela Positivo no Brasil e também na Argentina.

e-readers - Sobre a saída da Positivo do mercado de e-readers, no qual entrou em 2010 e saiu em 2013, a empresa declarou que esses produtos não têm mais espaço. “Vimos uma oportunidade nos leitores digitais à época, mas eles foram sobrepujados pelos tablets”, afirmou Roorda, que também informou que a livraria digital da companhia também foi encerrada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.