Com novos problemas com privacidade, Google demite funcionário

Nos Estados Unidos, reguladores e parlamentares também discutem medidas para tornar mais severas regras de privacidade

Washington - A gigante de buscas e publicidade na Internet Google demitiu um engenheiro em julho deste ano por violar a privacidade de usuários, informou a companhia nesta quarta-feira.

David Barksdale foi acusado de acessar informações sobre adolescentes que conheceu em um grupo de tecnologia no Estado de Washington, segundo o site de fofocas Gawker, que foi o primeiro a divulgar a informação na terça-feira. O Google não quis confirmar os detalhes.

A quebra de sigilo surge em meio a pressões sobre o Google de diversas agências do governo devido à sua coleta de dados pessoais sobre redes WiFi pelos carros do serviço Google "Street View", enquanto tiravam suas fotos panorâmicas de ruas ao redor do mundo.

Nos Estados Unidos, reguladores e parlamentares também discutem medidas para tornar mais severas regras de privacidade --algo que o Google e outras companhias de Internet rejeitam, preferindo a auto-regulação.

Barksdale foi demitido em julho após ao menos uma família ter reclamado ao Google que o engenheiro teria supostamente espionado as contas do Google de ao menos quatro adolescentes, além de checar o histórico de ligações de um dos adolescentes para verificar a nova namorada deste e acessar históricos de chat, segundo o Gawker.

Barksdale teria intimidado um dos adolescentes com informações que descobriu através de sua conta no Google, de acordo com o site.

"Demitimos David Barksdale por ter violado as rigorosas políticas internas de privacidade do Google", disse Bill Coughran, vice-presidente sênior de engenharia da companhia, em comunicado.

Leia mais sobre Google

Siga as últimas notícias de Tecnologia no Twitter
 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.