Acompanhe:

Kindle pode ganhar 180 mil livros em português

Segundo a revista Veja, o Ministério da Educação deve liberar o acervo de livros digitais disponível em seu site para a Amazon

Modo escuro

Continua após a publicidade
A linha Kindle, da Amazon: a empresa deve ampliar a quantidade de livros digitais brasileiros no e-reader (Divulgação)

A linha Kindle, da Amazon: a empresa deve ampliar a quantidade de livros digitais brasileiros no e-reader (Divulgação)

M
Maurício Grego

Publicado em 19 de maio de 2012 às, 11h10.

São Paulo — A Amazon pode passar a oferecer, para uso em seu e-reader Kindle, 180 mil livros digitais que estão no site do Ministério da Educação brasileiro. A notícia está na revista Veja que chega às bancas neste sábado, na seção Radar. A Veja diz, ainda, que a Amazon tenta vender o Kindle para uso nas escolas públicas brasileiras, um negócio que não deve se concretizar.

Segundo a revista, executivos da Amazon discutiram o assunto com o ministro Aloizio Mercadante, que estaria inclinado a liberar a publicação das obras – que são de domínio público – no Kindle.  Elas poderiam ser vistas também nos aplicativos Kindle para iPad, Android e outras plataformas.

Os livros ficam no portal Domínio Público, que foi inaugurado em 2004 pelo Ministério da Educação. Entre eles, estão, por exemplo, a obra completa de Machado de Assis, poemas de Fernando Pessoa, traduções de textos clássicos como "A Divina Comédia" e trabalhos acadêmicos. Podem ser baixados na forma de arquivos PDF ou vistos no próprio browser, em HTML. Alguns desses livros já possuem versão para o Kindle. O portal também tem músicas e alguns vídeos.

O movimento da Amazon parece fazer parte da preparação para a estreia de sua loja online no Brasil, com data ainda incerta. A empresa já tem lojas locais em nove países:  Áustria, Canadá, China, França, Alemanha, Itália, Japão, Espanha e Grã-Bretanha. O Brasil seria um dos próximos países na lista de prioridades da empresa.

Últimas Notícias

Ver mais
Porto tem trimestre acima do consenso; Kakinoff quer manter ritmo de crescimento
Exame IN

Porto tem trimestre acima do consenso; Kakinoff quer manter ritmo de crescimento

Há 10 horas

Na WEG, a falácia da baixa rentabilidade fora do Brasil
Exame IN

Na WEG, a falácia da baixa rentabilidade fora do Brasil

Há 14 horas

CEO da Alliança renuncia e Isabella Tanure assume comando
Exame IN

CEO da Alliança renuncia e Isabella Tanure assume comando

Há 18 horas

No resultado histórico da BRF, efeito cíclico ou mudança estrutural?
Exame IN

No resultado histórico da BRF, efeito cíclico ou mudança estrutural?

Há 19 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais