Tecnologia

China lança missão espacial Shenzhou-18

A nave, transportada pelo foguete Long March 2F, decolou do centro de lançamento de Jiuquan, no noroeste da China

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 25 de abril de 2024 às 12h27.

A missão espacial chinesa Shenzhou-18, com três tripulantes, foi lançada nesta quinta-feira, 25, rumo à estação espacial Tiangong, informou a imprensa estatal.

A nave, transportada pelo foguete Long March 2F, decolou do centro de lançamento de Jiuquan, no noroeste da China, às 20H59 locais (09H59 em Brasília).

A missão é liderada por Ye Guangfu, um piloto de caças que foi tripulante na missão Shenzhou-13 em 2021. Ele é acompanhado por Li Cong e Li Guangsu, que viajam ao espaço pela primeira vez.

Eles permanecerão na estação espacial Tiangong por seis meses, onde realizarão experimentos "no campo da física básica em microgravidade, ciência de materiais espaciais, ciência de vida espacial, medicina espacial e tecnologia espacial", indicou a Agência Espacial da China.

A nova tripulação substituirá a equipe da missão Shenzhou-17, que decolou para o espaço em outubro.

O governo do presidente Xi Jinping impulsionou projetos espaciais da China, injetando bilhões de dólares no seu programa espacial liderado pelo Exército chinês com o objetivo de alcançar a Rússia e os Estados Unidos.

Pequim pretende enviar uma missão tripulada à Lua até 2030 e construir uma base na superfície do satélite natural da Terra.

A China foi banida da Estação Espacial Internacional em 2011, quando os EUA proibiram a Nasa de trabalhar com o país, forçando Pequim a desenvolver sua própria estação espacial.

Acompanhe tudo sobre:ChinaEspaço

Mais de Tecnologia

Internet em qualquer lugar? Starlink, de Elon Musk, lança antena do tamanho de um laptop

Você sabe o que é telemática? Tecnologia reduziu em 40% as taxas de colisões em estradas, diz estudo

Instagram está implementando 'live' apenas para melhores amigos

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais na Exame