Brasileira de TI usará 100% de energia de parque eólico em 2022

A empresa de tecnologia Tivit planeja se tornar a primeira do ramo no Brasil a usar apenas energia sustentável

A empresa brasileira de tecnologia Tivit planeja se tornar a primeira do ramo no Brasil a usar 100% de energia limpa a partir de 2022. A energia será gerada no Rio do Vento, um parque eólico no Rio Grande do Norte.

A estratégia visa fornecer energia para os 30 escritórios da companhia e seus quatro data centers no Brasil.

O parque será construído pela Casa dos Ventos, companhia brasileira responsável por projetos de energia eólica.

“A questão ambiental tem se mostrado cada vez mais urgente e nossa intenção é deixar um legado de sustentabilidade. A companhia terá sua energia suprida por um dos maiores projetos eólicos do mundo, e esperamos, por meio dessa ação, continuar a impactar positivamente nossos colaboradores, fornecedores e as empresas com as quais mantemos relações”, diz Carlos Gazaffi, presidente da Tivit.

A iniciativa da empresa de tecnologia busca reduzir o impacto de suas operações à natureza. A brasileira tem 7.000 funcionários e 10 data centers espalhados pela América Latina. 0

Para Lucas Araripe, diretor de projetos e novos negócios da Casa dos Ventos, o projeto ajuda a consolidar o movimento de procura por energia sustentável no país. “Rio do Vento evitará a emissão anual de um milhão de toneladas de CO2 graças a Tivit e outros clientes que se tornaram nossos parceiros no projeto”, disse, em nota.

O Rio do Vento terá capacidade instalada de 504 megawatts e gerará 1.200 empregos. A operação comercial começa no segundo semestre do ano que vem.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.