Acompanhe:

BlackBerry Key2: smartphone busca reviver marca dominante no passado

Aparelho foi apresentado nesta quinta-feira (7) em Nova York pela fabricante chinesa TCL Communication

Modo escuro

Continua após a publicidade
novo dispositivo, que inclui um teclado físico embaixo de uma tela de 4,5 polegadas e executa o sistema operacional Android (Mike Segar/Reuters)

novo dispositivo, que inclui um teclado físico embaixo de uma tela de 4,5 polegadas e executa o sistema operacional Android (Mike Segar/Reuters)

A
AFP

Publicado em 7 de junho de 2018 às, 20h08.

Há um novo smartphone BlackBerry, o mais recente esforço para reviver a marca dominante no passado.

O BlackBerry Key2 foi apresentado nesta quinta-feira em Nova York pela TCL Communication, fabricante chinesa que assumiu os direitos da marca de smartphones da empresa de tecnologia canadense em 2016.

O novo dispositivo, que inclui um teclado físico embaixo de uma tela de 4,5 polegadas e executa o sistema operacional Android, atualiza o primeiro BlackBerry Key, lançado no ano passado.

Ele será vendido este mês a partir de US$ 649 ou 649 euros, de acordo com a empresa.

"Embora existam muitos smartphones diferentes para os consumidores escolherem hoje, a maioria tende a oferecer experiências muito semelhantes sem muita distinção de um para o outro", disse Alain Lejeune, chefe da divisão BlackBerry Mobile da TCL.

"Com a introdução do BlackBerry Key2, criamos um smartphone distinto que captura todas as características que tornaram os smartphones BlackBerry icônicos, ao mesmo tempo em que introduz inovações e experiências que não apenas tornam este um dos melhores dispositivos para segurança e privacidade, mas também o smartphone BlackBerry mais avançado de todos".

A participação da BlackBerry no mercado mundial de smartphones caiu a praticamente a zero, em comparação com um auge há mais de meia década.

O domínio dos aparelhos que funcionam com o iOS da Apple e o Android levou a empresa do Canadá a abandonar o mercado para se concentrar em software e serviços.

Sob o acordo entre as duas empresas, a BlackBerry do Canadá permanecerá no controle de software e segurança em smartphones, enquanto a TCL produzirá aparelhos equipados com o software Google Android, abandonando o antigo software BlackBerry OS.

A TCL também produz smartphones sob a marca Alcatel.

Últimas Notícias

Ver mais
Incêndio no Texas é tão grande que pode ser visto do espaço
Mundo

Incêndio no Texas é tão grande que pode ser visto do espaço

Há um dia

Câmara dos Representantes dos EUA aprova lei de gasto temporário para evitar shutdown
Mundo

Câmara dos Representantes dos EUA aprova lei de gasto temporário para evitar shutdown

Há um dia

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro
Economia

PCE: índice de inflação nos EUA mantém queda e vai a 2,4% em janeiro

Há 2 dias

O que se sabe sobre o projeto Maven, o programa militar de IA dos EUA
Inteligência Artificial

O que se sabe sobre o projeto Maven, o programa militar de IA dos EUA

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais