Acompanhe:

Barco autossustentável inicia volta ao mundo de seis anos

O Energy Observer partiu de Paris neste fim de semana rumo a uma incrível jornada oceânica para demonstrar o potencial das fontes renováveis

Modo escuro

Continua após a publicidade
 (Energy Observer/Divulgação)

(Energy Observer/Divulgação)

V
Vanessa Barbosa

Publicado em 18 de julho de 2017 às, 12h02.

Última atualização em 18 de julho de 2017 às, 12h04.

São Paulo - O avião Solar Impulse II conquistou os olhares do mundo no ano passado ao completar a volta ao mundo movido apenas por energia solar. Agora, um barco francês pretende realizar feito semelhante em alto mar.

Orçado em 5,2 milhões de dólares, o catamarã Energy Observer partiu de Paris neste fim de semana rumo a uma incrível jornada oceânica ao redor do mundo para demonstrar o potencial das fontes renováveis.

Configurado para fazer 101 escalas em 50 países durante sua épica aventura de 6 anos, o catamarã funciona com energia eólica e solar, além de uma inovação: combustível hidrogênio gerado a partir de água do mar por eletrólise.

A energia solar é captada a partir dos painéis fotovoltaicos que somam 130 metros quadrados no topo da embarcação, enquanto duas grandes turbinas eólicas na parte traseira transformam a energia cinética do vento em eletricidade. Tudo de forma limpa e eficiente.

Quando anoitece ou quando não há vento suficiente para girar as turbinas, o barco recorre ao sistema de eletrólise que extrai hidrogênio da água do mar e armazena-o em um tanque a bordo.

Ao longo de sua viagem, o barco deverá enviar informações para um centro de pesquisas, para que essas tecnologias possam ser melhor compreendidas e aproveitadas no futuro, reduzindo a dependência da rede elétrica em várias aplicações, de carros a casas.

"Não há bala de prata para lutar contra o aquecimento global: há soluções com as quais devemos aprender a trabalhar", disse o capitão Victorien Erussard no site do projeto. "Isto é o que estamos fazendo com o Energy Observer: reunir as energias da natureza, mas também da nossa sociedade, em torno deste barco, além do knowhow das empresas, laboratórios, startups e instituições".

Apesar de todas as soluções técnicas, o Energy Observer é um antigo navio de corrida construído em 1983, que sofreu extensas modificações para agora servir de modelo para o transporte livre de emissões.

Últimas Notícias

Ver mais
Energia em alerta: seca no mundo pressiona recorde de emissões de CO2
ESG

Energia em alerta: seca no mundo pressiona recorde de emissões de CO2

Há um dia

Em meio a negociações, mistura de 14% de biodiesel no diesel entra em vigor hoje
ESG

Em meio a negociações, mistura de 14% de biodiesel no diesel entra em vigor hoje

Há um dia

Transição energética e guerra viram pedra no sapato das siderúrgicas da Europa
ESG

Transição energética e guerra viram pedra no sapato das siderúrgicas da Europa

Há 2 dias

Depois do Paraná, Petrobras entra com diesel renovável em SP
ESG

Depois do Paraná, Petrobras entra com diesel renovável em SP

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais