Acompanhe:

Apple pede desculpas após serviços ficarem fora do ar

A página da gigante da tecnologia mostrava a App Store, o iTunes, o iBooks Store e o Mac App Store fora do ar das 6h00 (horário de Brasília) às 17h30

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Página da gigante da tecnologia mostrava a App Store, o iTunes, o iBooks Store e o Mac App Store fora do ar das 06h00 (horário de Brasília) às 17h30
 (Divulgação/Apple)

Página da gigante da tecnologia mostrava a App Store, o iTunes, o iBooks Store e o Mac App Store fora do ar das 06h00 (horário de Brasília) às 17h30 (Divulgação/Apple)

D
Da Redação

Publicado em 12 de março de 2015 às, 18h54.

Washington - A Apple pediu desculpas aos usuários nesta quarta-feira depois que suas lojas on-line ficaram fora do ar por quase 12 horas, afetando consumidores de todo o mundo.

A página da gigante da tecnologia mostrava a App Store, o iTunes, o iBooks Store e o Mac App Store fora do ar das 06h00 (horário de Brasília) às 17h30.

Interrupções similares foram registradas nos serviços on-line da Apple na Grã-Bretanha e na França. O "The Next Web", um site internacional de notícias sobre tecnologia, informou sobre relatos de interrupções em mais de 40 países.

"Pedimos desculpas aos nossos clientes que tiveram problemas com o iTunes e outros serviços nesta manhã", disse a Apple em comunicado enviado à AFP, justificando a falha com um problema no servidor interno.

"Estamos trabalhando para que todos os serviços voltem ao ar o mais rápido possível, e agradecemos a paciência de todos", afirmou a empresa.

Os serviços de e-mail e iCloud também foram afetados, mas aparentemente voltaram a funcionar após quatro horas.

Outros serviços, como FaceTime, de mensagens e Apple TV aparentemente não tiveram problemas.

A interrupção impediu que usuários de iPhones e iPads façam o download de músicas ou instalem e atualizem aplicativos em seus aparelhos.

A notícia chega dois dias após a empresa anunciar os detalhes de seu relógio inteligente, que começará a ser vendido no dia 24 de abril.

A empresa da Califórnia anunciou no evento da última segunda-feira que mais de 700 milhões de celulares iPhone foram vendidos desde seu lançamento, em 2007.

Últimas Notícias

Ver mais
Google terá novo centro de engenharia em São Paulo
Tecnologia

Google terá novo centro de engenharia em São Paulo

Há 11 horas

Google vai começar a produzir smartphone Pixel na Índia no próximo trimestre
Tecnologia

Google vai começar a produzir smartphone Pixel na Índia no próximo trimestre

Há 13 horas

Nvidia cresceu tanto que tornou-se quase 'invencível'
Tecnologia

Nvidia cresceu tanto que tornou-se quase 'invencível'

Há 13 horas

Sem aplicativos e guiado por IA: conheça o T Phone
Tecnologia

Sem aplicativos e guiado por IA: conheça o T Phone

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais