• AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
  • AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
Abra sua conta no BTG

Em meio à covid, médicos pedem hoje mais esforços no combate ao câncer

O dia 24 de setembro celebra as pesquisas científicas contra a doença, que mata 9 milhões de pessoas por ano e ficou em segundo plano com a pandemia
Tumor em ação: frequência a centros de mastologia caiu 75% no Sistema Único de Saúde entre março e maio deste ano, período de maior isolamento social por causa da pandemia (Getty Images/Getty Images)
Tumor em ação: frequência a centros de mastologia caiu 75% no Sistema Único de Saúde entre março e maio deste ano, período de maior isolamento social por causa da pandemia (Getty Images/Getty Images)
Por Leo BrancoPublicado em 24/09/2020 06:16 | Última atualização em 24/09/2020 06:16Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Em meio à alta expectativa com o avanço da ciência na busca por uma vacina contra a covid-19, neste 24 de setembro médicos e cientistas ao redor do mundo lembram a importância das pesquisas de tratamentos contra outra doença igualmente assustadora: o câncer.

Desde 2017, hoje é celebrado o Dia Mundial das Pesquisas contra o Câncer. A data foi criada pela UICC, organização não governamental aberta em 1933, em Genebra, na Suíça, para acelerar a luta contra uma doença que mata 9 milhões de pessoas no mundo por ano. Para comparação, até agora a covid-19 provocou 976.000 mortes até agora.

Na corrida de médicos e cientistas para encontrar maneiras de fazer frente à pandemia que mudou a cara do planeta em 2020, há indícios de que o combate ao câncer tem ficado em segundo plano nos últimos meses.

No auge da pandemia, entre os meses de março e maio, pelo menos 50.000 brasileiros deixaram de ser diagnosticados em centros de oncologia por causa da necessidade de isolamento social, segundo estimativa das Sociedades Brasileiras de Patologia e de Cirurgia Oncológica. Na época, o fluxo de pacientes nos centros de referência do Sistema Único de Saúde (SUS) caiu 75% em relação ao mesmo período do ano passado.

O receio das sociedades de oncologia pelo mundo é o de que a urgência no combate ao novo vírus atrase a chegada de tratamentos mais eficientes contra o câncer.

Hoje, os esforços para o combate ao câncer serão lembrados em uma série de eventos virtuais. Um site especial foi criado para marcar a data, com dados sobre o tamanho do problema, uma agenda de encontros e uma petição global para incentivar as pesquisas contra o câncer.

No Brasil, a data ocorre em meio ao 7º Congresso Todos Juntos Contra o Câncer 2020. Às 19h, o evento terá a apresentação de um panorama de atenção ao câncer de mama no SUS. Após a apresentação dos dados, uma mesa redonda virtual vai reunir os médicos Drauzio Varella e João Bosco, da Sociedade Brasileira de Mastologia, e a deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO), líder da frente parlamentar mista em prol da luta contra câncer.