Acompanhe:
seloRevista Exame

Ampliar o acesso ao diagnóstico da “apneia do sono” é o propósito de Talita Salles, fisioterapeuta e cofundadora da Biologix, healthtech criada em 2019, em São Paulo. Ela descobriu a gravidade da doença, uma síndrome com o potencial de causar descontrole no metabolismo e abrir caminho para outras enfermidades, da pior maneira. “Meu pai faleceu no segundo infarto, devido à apneia do sono, e ninguém sabia que ele tinha essa doença”, afirma. Antes de empreender, a fisioterapeuta estudou e trabalhou a apneia do sono em diferentes fases. No estágio, na pós-graduação em fisioterapia do sono e na Philips, empresa em que entrou em 2009 como desenvolvedora de novos negócios.

Quando as viagens a trabalho começaram a pesar na sua rotina com a família, ela já sabia o que queria fazer e como. “Vi que o setor tinha equipamentos para o tratamento da apneia do sono, mas que carecia de soluções de diagnóstico mais acessíveis à população.” Com dois sócios e um investimento inicial de 50.000 reais, fundou a startup. A Biologix criou um sensor, vendido a 800 reais e reutilizável por dois anos, para ser colocado na ponta do dedo do paciente e monitorar os dados enquanto a pessoa dorme. Compiladas por uma IA, as informações são enviadas a um aplicativo e se transformam em um relatório que precisa ser analisado por um profissional da saúde.

O modelo é focado no negócio B2B e conta com mais de 4.000 clientes no Brasil, como médicos e dentistas. Em 2023, a startup fechou com 7,8 milhões de reais em receita, número que prevê avançar 50% agora. O futuro do negócio passa por levar o produto diretamente aos pacientes e também à América Latina.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Nove itens essenciais para equipar a sua adega
seloRevista Exame

Nove itens essenciais para equipar a sua adega

Há 2 semanas

De Ferraz de Vasconcelos a Seattle
seloRevista Exame

De Ferraz de Vasconcelos a Seattle

Há 2 semanas

Vira-latismo
seloRevista Exame

Vira-latismo

Há 2 semanas

Venda de vinhos premium no Brasil escapa de crises e deve crescer
seloRevista Exame

Venda de vinhos premium no Brasil escapa de crises e deve crescer

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais