Plataforma de gestão para PMEs, startup Vhsys recebe novo aporte da Stone

Fundada em São José dos Pinhais, a startup paranaense oferece aos pequenos negócios uma plataforma de gestão financeira e controle de estoque
Stone: a empresa investiu na startup de gestão pela primeira vez em 2019 (Leandro Fonseca/Exame)
Stone: a empresa investiu na startup de gestão pela primeira vez em 2019 (Leandro Fonseca/Exame)
Por Carolina IngizzaPublicado em 31/03/2021 11:04 | Última atualização em 31/03/2021 11:04Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Stone divulga nesta quarta-feira, 31, que realizou um novo investimento na startup de gestão Vhsys, na qual havia investido já em 2019. As duas empresas não revelam o valor da rodada de captação, mas afirmam que o aporte foi fruto do crescimento que a startup teve ao longo de 2020.

Fundada em 2011 em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, a Vhsys oferece a micro e pequenos negócios uma plataforma de gestão empresarial, com direito a emissão de notas, controle de vendas e estoque, e uma loja virtual integrada.  

A empresa não divulga quantos clientes possui hoje, mas afirma que teve um crescimento de 35% na sua base ao longo do ano passado. Na frente de e-commerce, o salto foi ainda maior. De março de 2020 a fevereiro de 2021, o número de micro e pequenas empresas usando a loja virtual da companhia aumentou 127%. 

O aporte da Stone vai permitir que a empresa invista na aquisição de clientes. A meta é aumentar a base em 50% neste ano e chegar a mais de 100.000 lojistas clientes “dentro de alguns anos”. Para poder suportar esse crescimento, a startup deve dobrar seu quadro de funcionários, de 200 para 400 pessoas, até o final do ano. As áreas com mais vagas são tecnologia e atendimento.

“Nosso grande objetivo é tornar a Vhsys a melhor e mais reconhecida plataforma de gestão para que micro e pequenos empreendedores possam gerir e ampliar suas empresas, trazendo a cada dia mais soluções financeiras, crédito e open banking dentro do produto, além da integração com marketplaces”, diz Reginaldo Stocco, presidente da startup.

Aposta em gestão

A aposta na Vhsys faz parte do plano da Stone de se aprofundar no relacionamento com as pequenas e médias empresas brasileiras, seu grande público-alvo, indo além das maquininhas.

Foi por isso que a companhia investiu cerca de 6,5 bilhões de reais no ano passado para comprar a empresa de software Linx. A expectativa é que quando a transação seja aprovada, a Stone plugue seus serviços na rede de clientes da Linx e os sistemas da empresa adquirida na sua base de mais de 650.000 clientes.

A empresa também segue com suas estratégias de investimento corporativo em startups. Na semana passada, anunciou novo aporte na Delivery Much, aplicativo de entregas popular no interior do país. Em meados de 2020, comprou a startup de gestão médica Vitta e anunciou investimentos na mLabs, de marketing e redes sociais, e na Menew, de soluções tecnológicas para restaurantes.