Acompanhe:

Como uma estratégia de pós-venda pode levantar o seu negócio

Empreendedoras contam como ter uma política de relacionamento com o cliente tem ajudado a fidelizá-los e a impulsionar os negócios

Modo escuro

Continua após a publicidade
Sylvia Aragão, dona de uma escola em São Paulo, criou um sistema de pós-venda para melhorar o atendimento às famílias (Flávio Florido / Ricardo Yoithi Matsukawa/Jornal de Negócios do Sebrae/SP)

Sylvia Aragão, dona de uma escola em São Paulo, criou um sistema de pós-venda para melhorar o atendimento às famílias (Flávio Florido / Ricardo Yoithi Matsukawa/Jornal de Negócios do Sebrae/SP)

J
Jornal de Negócios do Sebrae

Publicado em 25 de fevereiro de 2020 às, 08h00.

Última atualização em 25 de fevereiro de 2020 às, 08h00.

Ter boas práticas de pós-venda desenvolvidas em sua empresa é tão importante quanto elaborar estratégias para vender mais. Esta é a conclusão a que chegaram as empreendedoras Ana Claudia Figueiredo e Sylvia Aragão, que sentiram a diferença de ter uma política de atendimento e relacionamento com o cliente. Para ambas, a ação tornou-se não apenas uma prática eficaz para fidelizar consumidores, mas também um diferencial para o negócio.

“Muitas vezes, na cabeça do empresário a venda se encerra quando o cliente passa o cartão ou assina o contrato. Mas o movimento de compra é diferente, ele não termina quando o cliente paga e sim quando ele tem a sensação do pós-compra. O cliente chega em casa, avalia se a compra foi realmente boa ou não. Essa sensação é o término da venda”, explica a consultora de negócios do Sebrae-SP Caroline Minucci.

Sylvia Aragão, proprietária da Escola Trilha, na zona norte da capital paulista, resolveu adotar uma política de pós-venda em sua empresa depois de realizar um curso do Sebrae-SP. Em 2018, ela iniciou a prática e contabiliza os resultados positivos. Entre eles, o aumento do número de matrículas e o consequente crescimento do faturamento. “Antes de implantar a política de pós-venda eu falava com os pais esporadicamente e não tinha nenhum cronograma de monitoramento”, relembra.

Para iniciar a mudança no relacionamento com os pais de alunos e também com os interessados em matricular os filhos na escola, Sylvia começou a fazer alterações em sua forma de atuação. Para interessados que vão conhecer a escola, ela liga após três dias da visita para saber se eles gostaram ou se ficou alguma dúvida. Para pais que já são clientes, há também contatos por WhatsApp e o uso das redes sociais para mostrar o trabalho que está sendo desenvolvido. “Temos uma organização semanal do que vai ser divulgado. Também fazemos o monitoramento de quantos telefonemas e visitas recebemos. E para tudo temos meta semanal.”

Sylvia ainda reserva a última semana do mês para dar atenção a pais que fizeram alguma reclamação ou a alunos que estão com algum problema específico, além de fazer contato com os pais que estão mais afastados da escola. Entre as estratégias, ela costuma identificar pais e mães líderes de grupos de WhatsApp, por exemplo, para fazer contato com eles. “Para manter esta política funcionando, é preciso treinar e informar a equipe para que entendam a importância dessas ações. Temos reuniões mensais para traçar nossos objetivos.”

A empreendedora ressalta que a implantação desse relacionamento pós-venda não gerou nenhum custo para a escola. E a cada nova matrícula realizada, a equipe ganha uma comissão de 10% do valor negociado. Quando a meta geral é atingida, a equipe ganha bônus. “Os pais começaram a dar mais valor ao nosso trabalho. Hoje somos vistos como parceiros, eles estão mais próximos da escola e o número de reclamações diminuiu muito. As rematrículas estão acima da média dos anos anteriores”, comemora.

Atualmente a escola tem 170 alunos e a meta para o fim deste ano é fechar com 190. Para isso, ela já tem projetos para aumentar o espaço e construir mais salas. Os maiores desafios, segundo Sylvia, são a gestão do tempo e também de pessoas. “Não podemos deixar a rotina desviar o nosso foco”, ressalta.

Desde o início

Quando Ana Claudia Figueiredo resolveu empreender no ramo de produtos hospitalares, ela já tinha uma certeza: sua empresa, a Claramed Hospitalar, deveria abrir as portas com uma prática de pós-venda já estabelecida. Para criar um fluxo eficaz de relacionamento com o cliente ela investiu em um sistema de rastreamento de mercadorias.

Além disso, o serviço de atendimento ao cliente (SAC) está dentro do departamento de qualidade da empresa. “As grandes distribuidoras têm dificuldades em realizar trocas e o cliente fica na mão. Se compra um produto errado, por exemplo, ele não consegue trocar. É aí que está o diferencial da empresa”, explica.

Hoje ela realiza cerca de 10 mil atendimentos por telefone e 300 vendas por mês – a maioria dos clientes é de clínicas e hospitais do Estado de São Paulo. Além disso, a empresa também atende em todo o Brasil, principalmente pessoas físicas, por meio de seu e-commerce. Para manter um relacionamento ativo com seus clientes, a equipe da Claramed conta com a ajuda de um sistema para auxiliar no histórico de compras, datas de entrega dos produtos e monitoramento das ligações. “No dia seguinte à entrega, nossa equipe entra em contato com o cliente para saber se ele recebeu o produto corretamente, se gostou ou teve algum problema”, explica.

Nesse contato, o consumidor tem a oportunidade de dar a sua opinião sobre o produto e, em alguns casos, solicitar a troca – o que não é comum neste ramo de atividade. Para aprimorar as vendas e estar mais próxima de seus clientes, a empreendedora tem planos de investir em marketing digital e ter representantes de vendas nas ruas.

“Quando comecei não sabia muito sobre a área de saúde, mas descobri que os custos envolvidos são altos e há muitos procedimentos. Por isso, é preciso usar todo esse trabalho de forma estratégica a nosso favor – com muita pesquisa e treinamento.”

Pós-venda para pequenos negócios

A consultora de negócios do Sebrae-SP Caroline Minucci afirma que o pós-venda é uma excelente prática, especialmente para os pequenos negócios. Segundo ela, a pequena empresa tem a vantagem de poder fazer esse relacionamento de forma mais livre e natural, diferentemente das grandes, que têm processos mais rígidos. “A pequena empresa aproveita mais que a grande e ele só custa tempo. Tem investimento zero se o empresário resolver fazer por conta. Você pode usar WhatsApp e outras ferramentas gratuitas.”

Confira alguns pontos importantes para implantar uma política de pós-venda em sua empresa:

- Decidir quem será o responsável por essa ação. É importante que seja alguém que escreva bem e fale sem erros de português. O próprio vendedor pode fazer o processo. Mas o gestor também pode acompanhar para entender melhor o comportamento.

- Definir em quanto tempo após a venda a empresa entrará em contato com o cliente. Até um ou dois dias depois é válido; após uma semana da compra, por exemplo, fica muito distante. O pós-venda é o momento de aproveitar o impulso do cliente.

- Estabelecer os processos e objetivos que devem ser alcançados com essa ação. Por que vou fazer o pós-venda? Como? Qual o meu objetivo? Ter pontos mensuráveis é importante para avaliar a eficácia.

- Estudar e fazer cursos é sempre uma excelente opção. O Sebrae-SP oferece algumas opções como o Marketing na Medida e o Vendas Estratégicas na Medida – para estabelecer uma boa comunicação com o cliente e entender como.

Últimas Notícias

Ver mais
Fidelização de clientes: veja 3 estratégias para 2024
Um conteúdo Bússola

Fidelização de clientes: veja 3 estratégias para 2024

Há uma semana

Como escola de negócios virou exemplo da aplicação do "S" da sigla "ESG" 
Um conteúdo Bússola

Como escola de negócios virou exemplo da aplicação do "S" da sigla "ESG" 

Há uma semana

Marco França: quando é o momento certo para fazer um M&A?
Um conteúdo Bússola

Marco França: quando é o momento certo para fazer um M&A?

Há 2 meses

Chefe do Benefício: quem é o fenômeno do TikTok que abriu a "Shopee do Brás" e atrai multidões em SP
seloNegócios

Chefe do Benefício: quem é o fenômeno do TikTok que abriu a "Shopee do Brás" e atrai multidões em SP

Há 2 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais