PME

Com LikeStore, usuário do Facebook vira vendedor

São Paulo - Funcionando em beta desde junho deste ano, a LikeStore permite que qualquer usuário do Facebook se torne um vendedor online. Utilizando a tecnologia, o internauta pode criar lojas virtuais e divulgar ofertas para seus amigos e seguidores na rede social. Em seu primeiro ano de operação, a startup espera viabilizar aproximadamente 150 […]

Gabriel Borges, da Like Store (Divulgação)

Gabriel Borges, da Like Store (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 1 de outubro de 2011 às 07h00.

Última atualização em 18 de outubro de 2016 às 10h32.

São Paulo - Funcionando em beta desde junho deste ano, a LikeStore permite que qualquer usuário do Facebook se torne um vendedor online. Utilizando a tecnologia, o internauta pode criar lojas virtuais e divulgar ofertas para seus amigos e seguidores na rede social.

Em seu primeiro ano de operação, a startup espera viabilizar aproximadamente 150 mil transações, com ticket médio de 120 reais, movimentando 18 milhões de reais em vendas na rede social.

A criação da loja virtual dentro do Facebook é gratuita – o usuário remunera a plataforma apenas quando as transações são concretizadas, pagando 2% de comissão sobre o produto vendido.

Por trás do negócio está o empreendedor Gabriel Borges, que tem mais de 14 anos de experiência no desenvolvimento de estratégias para negócios digitais, tendo atuado junto a marcas brasileiras e inglesas. A plataforma foi desenvolvida em parceria com a Dextra, empresa de tecnologia.

Acompanhe tudo sobre:e-commerceEmpreendedoresStartups

Mais de PME

Mais na Exame