Acompanhe:
seloNegócios

Petrobras aprova venda da participação na Argentina

A Petrobras iniciou negociação exclusiva com o fundo de gestão de ativos Brookfield para a venda da subsidiária Nova Transportadora do Sudeste

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Petrobras: negociação exclusiva terá duração de 60 dias
 (Ueslei Marcelino/Reuters)

Petrobras: negociação exclusiva terá duração de 60 dias (Ueslei Marcelino/Reuters)

A
Antonio Pita

Publicado em 12 de maio de 2016 às, 19h33.

Rio - A Petrobras iniciou negociação exclusiva com o fundo de gestão de ativos Brookfield para a venda da subsidiária Nova Transportadora do Sudeste (NTS), que administra a malha de gasodutos da estatal na região.

A negociação exclusiva terá duração de 60 dias, prorrogável por mais 30 dias, de acordo com Fato Relevante publicado pela companhia. Também nesta quinta-feira, 12, o conselho de administração da estatal aprovou a conclusão da venda de participação na subsidiária argentina PESA, anunciada há duas semanas.

A NTS está em negociação desde o início do ano, conforme antecipou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. A previsão da estatal é vender até 81% em participação na subsidiária, criada a partir da reestruturação da malha de gasodutos, no último ano, como parte do processo de desinvestimento da companhia. Os valores ainda não foram confirmados e a venda ainda será submetida à aprovação do conselho de administração e órgãos reguladores.

A companhia também anunciou a aprovação, pelo conselho, da venda de sua participação de 67,19% na Petrobras Argentina (PESA) para a Pampa Argentina. A negociação foi concluída no valor de US$ 892 milhões.

"A operação contemplou também um acordo para operações subsequentes visando a aquisição de 33,6% da concessão de Rio Neuquen, na Argentina, e de 100% do ativo de Colpa Caranda, na Bolívia, por um valor total de US$ 52 milhões. Os ativos de Rio Neuquen e Colpa Caranda têm valor estratégico para a Petrobras, pois apresentam grande potencial de produção de gás natural, especialmente Rio Neuquen, onde a Petrobras estima haver grandes reservas de gás natural não convencional (tight gas)", explicou a empresa em fato relevante.

A manutenção das operações nessas regiões ainda será submetida às instâncias de deliberação da subsidiária argentina, além dos órgão reguladores.

Últimas Notícias

Ver mais
AGU apresenta recurso contra afastamento de conselheiro da Petrobras
Brasil

AGU apresenta recurso contra afastamento de conselheiro da Petrobras

Há 4 horas

Milei anuncia término com namorada um dia após encontrar Elon Musk
Mundo

Milei anuncia término com namorada um dia após encontrar Elon Musk

Há 10 horas

Brasil vai colher frutos por liderar regulação de cripto na América Latina, diz executiva da Ripple
Future of Money

Brasil vai colher frutos por liderar regulação de cripto na América Latina, diz executiva da Ripple

Há um dia

Petróleo sobe em meio a risco de ataque iraniano a Israel
seloMercados

Petróleo sobe em meio a risco de ataque iraniano a Israel

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais