Acompanhe:
seloNegócios

Parem de lavar seus jeans, diz CEO da Levis (ele já parou)

Chip Bergh conta que seu par de jeans favorito, comprado há um ano, ainda não viu a máquina de lavar. Por quê? Para conservar o tecido e poupar água

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

V
Vanessa Barbosa

Publicado em 26 de maio de 2014 às, 12h56.

São Paulo – Não, você não leu errado. Chip Bergh, CEO da Levi´s, chocou os maníacos por higiene ao dizer que o seu par de jeans favorito, que ele usa há mais de um ano, "ainda não tinha visto uma máquina de lavar". A declaração foi feita durante evento de sustentabilidade da revista Fortune, nesta semana.

Questionado sobre a frequência com que se deve lavar os jeans, ele foi direto: Se você conversar com especialistas em tecido, eles vão te dizer para nunca lavá-los, disse.

Sei que isso soa nojento, mas acredite, é possível. Você pode passar um pano úmido e colocar pra secar, e funciona. Nunca tive problema de pele, nem nada parecido, explicou, diante da plateia surpresa.

A recusa em lavar a peça de roupa - ou pelo menos, de reduzir a fequência de lavagem -  tem virtudes, segundo Bergh. Além de conservar o tecido do jeans, ajuda a preservar os recursos do planeta, no caso, a água.

Em 2008, ao avaliar o ciclo de vida do seu principal produto, a empresa descobriu que metade do consumo de água ocorre na fabricação do jeans, enquanto a outra metade ocorre na casa do consumidor, por conta de sucessivas lavagens em máquina de lavar.

//www.youtube.com/embed/KjXhe2qVKgE

Slow-fashion e a calça centenária

Em se tratando de uma das maiores empresas de vestuário do mundo e líder mundial em jeans, a declaração do CEO não é gratuita.

Há tempos, a Levi´s busca estar à frente no quesito sustentabilidade.

Através de sua coleção "Water Less", conseguiu reduzir 28%, em média, o consumo de água na fabricação do jeans tradicional. Em novos produtos, a economia chega a 96%.

A empresa se orgulha de remar contra a maré da chamada fast-fashion (moda rápida).

No fast-fashion, onde se encontram empresas como H&M, você compra a roupa e usa três, quatro vezes e logo se desfaz dela. Acho que nós, da Levis Strauss, somos o melhor exemplo de slow-fashion, comparou o CEO.

Prova disso é o modelo 501, a primeira calça jeans lançada pela Levi´s, que completou 141 anos este ano, e continua sempre atual.

Para a empresa, durabilidade é, em essência, sustentabilidade.

Sustentabilidade de ponta à ponta

A preocupação em reduzir a pegada ecológica se sustenta, ainda, em uma série de ações implementadas na última década.

Em 2007, a Levi's fez uma parceria com a ONG "Better Cotton Initiative" (Iniciativa para um Algodão Melhor), a fim de promover na fase de produção e tratamento do algodão a redução do uso de água e pesticidas, a preservação da biodiversidade e o respeito às normas de proteção aos trabalhadores.

Cinco anos depois, prometeu eliminar todas as substâncias tóxicas de sua cadeia de fornecedores e de produtos até 2020, ao aderir à campanha Detox, promovida pela Ong ambientalista Greenpeace.

A investida mais notável é o recente programa "Wellthread Levis", aplicada à Docker, a marca da Levi´s especializada em calças caqui.

É um pequeno projeto piloto de produção de jeans totalmente sustentável, de uma ponta à outra. Lançada em 2013, a coleção, segundo a empresa, possui tecidos mais fáceis de reciclar e que consomem menos energia e água que todas as outras linhas.

De acordo com Bergh, a empresa  avalia se essa forma de fazer jeans é produtivo e economicamente viável. Trata-se de uma coleção da ordem de mil unidades, uma linha premium, com preço mais puxado, diz.

No site da marca, nos EUA, o preço médio de uma calça da linha é de U$128 (cerca de R$ 280) , mais que o dobro de um modelo tradicional por lá.

Veja o vídeo de divulgação do programa "Wellthread Levis":

//www.youtube.com/embed/3xGR_psgU0k

Últimas Notícias

Ver mais
Receita estende até 12 de abril prazo para empresas aderirem ao piloto do 'Confia'
seloMinhas Finanças

Receita estende até 12 de abril prazo para empresas aderirem ao piloto do 'Confia'

Há 9 horas

Como Beyoncé tem ajudado a Levi's a disparar na bolsa
seloMercados

Como Beyoncé tem ajudado a Levi's a disparar na bolsa

Há 15 horas

Pesquisas nos oceanos podem gerar tratamentos para tumor e leishmaniose
ESG

Pesquisas nos oceanos podem gerar tratamentos para tumor e leishmaniose

Há 15 horas

No pacote de remuneração da Oncoclínicas, uma revisão chama atenção
Exame IN

No pacote de remuneração da Oncoclínicas, uma revisão chama atenção

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais