Acompanhe:
seloNegócios

OSX diz que vai apurar denúncias na Petrobras

A OSX, que tem o empresário Eike Batista como presidente do Conselho de Administração, possui participação indireta de 49 por cento no consórcio

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Eike Batista: empresa que tem o empresário como presidente do Conselho de Administração possui participação indireta de 49 por cento no consórcio
 (Douglas Engle/Bloomberg News)

Eike Batista: empresa que tem o empresário como presidente do Conselho de Administração possui participação indireta de 49 por cento no consórcio (Douglas Engle/Bloomberg News)

D
Da Redação

Publicado em 24 de setembro de 2015 às, 09h52.

São Paulo - A empresa do setor naval OSX disse que decidiu instaurar procedimento interno para apurar denúncias de supostas irregularidades em operações envolvendo o consórcio Integra, no qual tem participação, após matérias na mídia afirmarem que a companhia participou do esquema de pagamentos de propinas na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato.

Segundo matérias da mídia, o ex-gerente da área Internacional da Petrobras Eduardo Musa, que fechou acordo de delação premiada no âmbito da Lava Jato, afirmou que houve pagamentos ilícitos na contratação da montagem de módulos de plataformas da Petrobras, em 2012, com a participação das empresas Mendes Júnior e OSX, reunidas no consórcio Integra. Musa trabalhou como diretor de construção naval da OSX.

"A administração da OSX reuniu-se na data de hoje (quarta-feira) e decidiu instaurar um procedimento interno para apurar, dentro de suas possibilidades, a veracidade dos fatos relatados", disse a empresa em comunicado na noite de quarta-feira.

"A atual administração da OSX ressalta que conduz os negócios da companhia e de suas subsidiárias sempre em observância das melhores práticas de mercado e não coaduna com qualquer eventual prática de atos em desconformidade com a lei", acrescentou.

A OSX, que tem o empresário Eike Batista como presidente do Conselho de Administração, possui participação indireta de 49 por cento no consórcio. De acordo com as reportagens na mídia, Musa não soube dizer se Eike sabia do pagamento de propinas.

Últimas Notícias

Ver mais
Moda barata para a Geração Z: a arma secreta da Zara contra a Shein
seloNegócios

Moda barata para a Geração Z: a arma secreta da Zara contra a Shein

Há 3 horas

Ex-sócio de Donald Trump, Ricardo Bellino prepara o seu próprio IPO e quer captar R$ 15 milhões
seloNegócios

Ex-sócio de Donald Trump, Ricardo Bellino prepara o seu próprio IPO e quer captar R$ 15 milhões

Há 15 horas

Sem mãos na máquina: empresa de SC vai investir R$ 1 bilhão para automatizar a "costura" no mundo
seloNegócios

Sem mãos na máquina: empresa de SC vai investir R$ 1 bilhão para automatizar a "costura" no mundo

Há 15 horas

De olho nas tendências, JBS promete novidades na maior feira de alimentos e bebidas do mundo
seloNegócios

De olho nas tendências, JBS promete novidades na maior feira de alimentos e bebidas do mundo

Há 18 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais