Negócios

Melitta anuncia fábrica de café em MG que inicia operação em 2018

A expectativa é gerar faturamento próximo a 200 milhões de reais nos próximos quatro anos a partir da unidade a ser instalada em Varginha

Melitta: a estratégia da companhia é expandir negócios de café torrado e moído em Minas Gerais (foto/Divulgação)

Melitta: a estratégia da companhia é expandir negócios de café torrado e moído em Minas Gerais (foto/Divulgação)

R

Reuters

Publicado em 5 de outubro de 2017 às 18h29.

São Paulo - O grupo Melitta, um dos principais do mercado de café do Brasil, anunciou nesta quinta-feira a construção da quarta unidade no Brasil, com investimento inicial de mais de 8 milhões de reais no Sul de Minas Gerais, principal Estado cafeeiro do país.

A expectativa é gerar faturamento próximo a 200 milhões de reais nos próximos quatro anos a partir da unidade a ser instalada em Varginha, informou a empresa alemã, que tem no Brasil o segundo maior mercado, atrás da Alemanha.

A estratégia da companhia é expandir negócios de café torrado e moído em Minas Gerais, disse a empresa.

A nova fábrica deve entrar em operação no segundo semestre de 2018, informou a companhia.

O aporte da multinacional no mercado de Minas Gerais foi iniciado em abril deste ano, com a aquisição da marca Café Barão.

"Foi o primeiro passo para fortalecer as nossas marcas e acelerar o nosso crescimento em Minas Gerais e no Brasil", comentou o presidente da Melitta para a América do Sul, Marcelo Del Nero Barbieri, em nota.

"Identificamos um forte potencial de crescimento para a marca Melitta, para toda a nossa linha de produtos e especificamente para a marca mineira Barão", acrescentou.

Acompanhe tudo sobre:CaféEmpresas alemãsFábricasMinas Gerais

Mais de Negócios

Morre Paulo Fernando Fleury, um dos ícones da logística empresarial no país

Franquia de sucesso: como a Domino’s transformou um empréstimo de US$ 900 em um negócio bilionário

Sob nova gestão, iFood prepara investimentos em startups e mira verticais de mercado e de benefícios

Colaboração entre Dell e Microsoft facilita a vida de empresas na gestão do ambiente multicloud

Mais na Exame