Negócios

Light diz desconhecer irregularidades na Operação Zelotes

A concessionária de energia disse que desconhece irregularidades da empresa investigadas pela operação da Polícia Federal


	Subestação e energia da Light: operação foi deflagrada para desarticular organizações criminosas que atuavam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais
 (Dado Galdieri/Bloomberg)

Subestação e energia da Light: operação foi deflagrada para desarticular organizações criminosas que atuavam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Dado Galdieri/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 14 de abril de 2015 às 20h15.

São Paulo - A concessionária fluminense de energia Light afirmou nesta terça-feira que desconhece "supostas irregularidades" da companhia investigadas pela Operação Zelotes da Polícia Federal.

Em resposta a uma reportagem veiculada pelo jornal "O Globo", que afirma que a empresa é citada em processos de quase 1 bilhão de reais, a Light enviou comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) afirmando que "sempre agiu e agirá na forma da lei".

A operação foi deflagrada para desarticular organizações criminosas que atuavam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), manipulando o trâmite de processos e o resultado de julgamentos, gerando prejuízos bilionários à União.

Também nesta terça-feira a JBS negou envolvimento com as irregularidades investigadas pela Operação Zelotes, em resposta à reportagem do jornal.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas brasileirasEnergia elétricaLightOperação Zelotesreceita-federalServiços

Mais de Negócios

A startup que pretende usar um fundo de R$ 150 milhões para salvar negócios no Rio Grande do Sul

Como a Amazon quer fazer pequenos e médios negócios brasileiros venderem nos Estados Unidos

Francal se transforma em ecossistema para eventos e apresenta novo hub de negócios

10 franquias baratas de limpeza para empreender a partir de R$ 27 mil

Mais na Exame