• BVSP 105.069,69 pts +0,6%
  • USD R$ 5,6514 +0,0000
  • EUR R$ 6,3928 +0,0000
  • ABEV3 R$ 16 -0,06%
  • BBAS3 R$ 32,2 +0,12%
  • BBDC4 R$ 20,76 -0,29%
  • BRFS3 R$ 19,62 -0,76%
  • BRKM3 R$ 60,5 +4,67%
  • BRML3 R$ 7,94 +1,15%
  • CSAN3 R$ 22,37 +1,96%
  • ELET3 R$ 35,39 +2,58%
  • EMBR3 R$ 19,15 -1,08%
  • Petróleo US$ 69,51 +0,00%
  • Ouro US$ 1.902,90 +0,00%
  • Prata US$ 22,69 +0,00%
  • Platina US$ 927,10 +0,00%

Ford anuncia investimento de US$ 11,4 bi na produção de carros elétricos

A montadora espera que até 50% de seu volume global de veículos sejam totalmente elétricos até 2030

A montadora norte-americana Ford revelou nesta segunda-feira (27) que planeja investir US$ 11,4 bilhões na produção de veículos elétricos, construindo quatro novas fábricas que criarão 11.000 novos empregos até 2025.

Junto com a parceira sul-coreana SK Innovation, a Ford construirá as fábricas em Kentucky e Tennessee, revelou a montadora em um comunicado.

A Ford acrescentou que vai construir "o maior, mais avançado e mais eficiente complexo de produção de automóveis em seus 118 anos de história" e que isso a colocaria na vanguarda da transição de seu país para veículos elétricos.

O grupo norte-americano investirá 7 bilhões de dólares, parte de um pacote de 30 bilhões já anunciado este ano. A SK Innovation aportará o restante do valor.

A Ford também enfatizou que este investimento apoia "a meta de longo prazo da empresa de criar um ecossistema de manufatura americano durável e acelerar seus projetos em direção à neutralidade de carbono em conformidade com o Acordo Climático de Paris".

A montadora aproveitou a oportunidade para aumentar suas metas para a frota elétrica, já que espera que 40 a 50% de seu volume global de veículos sejam totalmente elétricos até 2030, contra 40% na primavera.

"É um momento de transformação em que a Ford liderará a transição dos Estados Unidos para veículos elétricos e dará início a uma nova era de produção limpa e neutra em carbono", declarou o presidente da empresa, Bill Ford, no comunicado.

"Com este investimento e espírito de inovação, podemos alcançar objetivos antes considerados incompatíveis - proteger nosso planeta, construir grandes carros elétricos que os americanos amem e contribuir para a prosperidade de nosso país."

A notícia chega em um contexto de forte demanda pela nova pick-up F-150 Lightning e outros modelos elétricos, como o E Transit e o Mustang Mach-E.

"Estamos agora nos empenhando para fornecer veículos elétricos revolucionários para a maioria, e não para poucos", garantiu Jim Farley, executivo da Ford.

Voltando a um tema defendido por Joe Biden, ele também destacou que visa criar “bons empregos que sustentem as famílias americanas”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.