Negócios
Acompanhe:

Engie aprova contratação de R$2,5 bi com BNDES para projeto de transmissão

O objetivo da empresa do grupo francês com a operação é obter recursos para a implantação do Projeto Novo Estado e do seu sistema de transmissão associado

Engie: empresa aprova contratação de R$ 2,5 bilhões com BNDES (Stephane Mahe/Reuters)

Engie: empresa aprova contratação de R$ 2,5 bilhões com BNDES (Stephane Mahe/Reuters)

R
Reuters

15 de junho de 2020, 21h37

A Engie Brasil Energia aprovou a contratação de um financiamento no valor de 2,51 bilhões de reais junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a implantação do Projeto Novo Estado e do seu sistema de transmissão associado, informou a companhia nesta segunda-feira.

A empresa do grupo francês Engie disse em comunicado que, na condição de interveniente garantidora, deverá prestar fiança corporativa em favor do BNDES no âmbito do Contrato de Financiamento a ser celebrado entre a Novo Estado e o banco.

"A companhia se responsabilizará, solidariamente com a Novo Estado pelo cumprimento das obrigações assumidas por esta no âmbito do financiamento a ser contratado com o BNDES... Garantia esta que vigorará até a final liquidação do Contrato de Financiamento... ou até o cumprimento pela Novo Estado das condições que atestem a conclusão física e financeira do Projeto Novo Estado", disse a elétrica.

Além disso, a Engie Transmissão de Energia, na condição de garantidora, fica autorizada a empenhar em favor do BNDES a totalidade das ações de sua titularidade emitidas pela Novo Estado, bem como quaisquer outras ações representativas do capital social da Novo Estado, como garantia de cumprimento das obrigações oriundas da contratação do financiamento a ser celebrado com o banco.