Negócios

Alpargatas amplia rede de lojas próprias e franquias em 35%

Alpargatas encerra o ano com 178 lojas no Brasil

Loja da Topper: rede de varejo da Alpargatas cresce rápido, mas ainda é pouco representativa nas vendas totais (LAILSON SANTOS)

Loja da Topper: rede de varejo da Alpargatas cresce rápido, mas ainda é pouco representativa nas vendas totais (LAILSON SANTOS)

DR

Da Redação

Publicado em 21 de maio de 2011 às 09h13.

São Paulo - A Alpargatas, dona de marcas como Havaianas e Topper, está seguindo o exemplo de outras fabricantes de roupas, calçados e acessórios, e está investindo em sua própria rede de lojas e franquias. No ano passado, a rede cresceu 35% e alcançou 178 unidades, ante os 132 pontos de venda de 2009.

A Alpargatas atua com lojas próprias e franquias com as marcas Havaiana e Timberland, além de Topper, Mizuno e Meggashop. No total, esses pontos de venda escoaram 7 milhões de pares de calçados e peças de roupa e acessórios no ano passado. O volume é 43% maior que o de 2009.

O ritmo também foi maior que o volume total vendido pela Alpargatas no ano passado. No total, a empresa comercializou 244 milhões de peças e pares, com um incremento de 11,5%. Somente no mercado interno, foram vendidos 207,2 milhões de pares, ou 12,3% a mais.

Apesar da rápida expansão da rede de varejo da Alpargatas, sua importância para a companhia ainda é bem pequena. A rede de lojas próprias e franquias respondeu por apenas 3,4% do volume de vendas de 2010.

De acordo com a Alpargatas, o destaque do ano passado foi a abertura de franquias da Havaianas. Como as sandálias apresentam um preço unitário, em média, menor que os tênis e artigos esportivos, a evolução da receita líquida da rede de varejo foi menor que a expansão das vendas físicas. A receita avançou 17,4%, um pouco acima dos 16,2% que a receita líquida total da companhia cresceu no ano.

Acompanhe tudo sobre:AlpargatasCalçadosDiversificaçãoEmpresasHavaianasRoupasVendas

Mais de Negócios

Não aos feriadões fake

Conversa de CEO: Agco e Falconi analisam os caminhos para uma agricultura sustentável

Lee, M.Officer e Zoomp: como estão as marcas de calças jeans que bombavam nos anos 1980 e 1990

Lee, conhecida pelas calças jeans, terá lojas físicas no Brasil

Mais na Exame