Negócios
Acompanhe:
Apresentado por VR

Em nova campanha, VR traz inovações e anuncia expansão da parceria com o projeto Mães da Favela

De controle de ponto online a app que traz a melhor rota para ir ao trabalho, empresa traz soluções para colaboradores e RHs – e se alia a empresas para fazer o bem

 (VR/Divulgação)

(VR/Divulgação)

e
exame.solutions

Publicado em 30 de novembro de 2022, 07h30.

Última atualização em 6 de dezembro de 2022, 16h57.

No final da década de 1970, quando o Brasil passava por um período marcado pela insegurança alimentar, foi por meio de um movimento social – o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) – que nasceu a VR, empresa que entrou no mercado para oferecer benefícios e que agora faz parte de todo o ecossistema da jornada dos trabalhadores e do dia a dia de RHs.

De lá para cá, a companhia foi evoluindo de acordo com as necessidades das pessoas, e incluindo em seu portfólio serviços como marketplace, conta digital, um super aplicativo, e programas de fidelidade e cashback, além das novidades em mobilidade e ponto eletrônico.

“Todas as nossas decisões partem do propósito de dar mais tempo e qualidade de vida para trabalhadores e empregadores. Em 2021, fizemos o aporte de duas novas empresas facilitadoras, por exemplo. E elas foram escolhidas não só pela tecnologia e soluções que ofereciam, mas também porque tinham sinergia com a cultura da VR, tinham o propósito de melhorar a vida das pessoas”, diz João Altman, diretor executivo de pessoas, marca e cultura da companhia.

As empresas às quais Altman se refere são a Audaz, que oferece um sistema que torna possível gerir de forma inteligente o fluxo de mobilidade corporativa e de vale-transporte; e a Pontomais, que traz soluções digitais de ponto eletrônico, permitindo, inclusive, marcações por WhatsApp, de forma rápida e remota. Ao lado da Global Points, elas formam o que hoje é chamado de ecossistema VR.

(Arte Box/Exame)

Campanha “Vem com VR”

A “Vem com VR”, nova campanha da marca, traz não só novidades – como um mês gratuito de gestão de vale-transporte e créditos para a roteirização da base de colaboradores aos clientes da Audaz, como destaque para uma parceria consolidada em 2020 com a Central Única das Favelas (CUFA).

“A VR é uma empresa que está conectada com os desafios da sociedade e não se abstém disso. Estamos felizes com nossa trajetória, mas é impossível sermos felizes sozinhos, queremos seguir pensando de forma coletiva e cooperativa”, destaca Altman.

Dessa vez, a ação impacta diretamente o projeto Mães da Favela, da ONG, que tem como objetivo levar renda para o maior número possível de mães moradoras de comunidades.

Preto Zezé, presidente nacional da CUFA, celebrou a ação, que disse estar alinhada com os propósitos da organização. “Durante o período de pandemia, a VR se colocou ao nosso lado na implementação do Mães da Favela, por meio do qual conseguimos fazer com que mais de 17 milhões de brasileiras tivessem amparo e sofressem menos com o isolamento social”, diz.

Com a nova ação, ao contratar a VR, a empresa escolhe entre dar dois créditos extra de R$ 15 reais para os colaboradores ou destinar o mesmo valor ao projeto social e apoiar a alimentação de famílias em comunidades — nesse caso, todo o valor arrecadado será convertido em vales-alimentação de R$ 100,00.

“Com essa ação, contribuímos com vale-alimentação para mães em situação de vulnerabilidade, mas o impacto vai além: por meio desse produto, fomentamos também a economia local, os mercadinhos, açougues e padarias nos quais essas compras serão feitas também serão impactados. A ajuda deixa de ser só assistencial e passa a ser um impulsionador social”, avalia. “Em ambos os casos, os créditos ou doações são cortesia da VR e a empresa não paga nada por isso”.

Confira, a seguir, o vídeo da campanha:

Próximos passos (e mais serviços)

A campanha “Vem com VR” termina em dezembro, mas, para o próximo ano, a expectativa é que as parcerias entre a VR e a CUFA continuem. “Continuaremos a parceria e entendemos que nosso papel não será sempre de arrecadar doações, mas de ajudar em diferentes frentes”, reforça Altman.

“Agora, a VR também está conosco na primeira Taça das Favelas Nacional, o Favelão 2022, nesse nosso desafio de criar em todo o Brasil uma agenda positiva da favela e seus moradores, através do esporte e, sobretudo, o futebol, que é a paixão nacional”, afirma Zezé.

(ARTE/Exame)

Para o mercado, a VR também promete seguir investindo em novidades, desenvolvendo produtos e serviços que facilitem a gestão do capital humano, e se aproximando cada vez mais dos RHs e dos colaboradores que são beneficiados com os seus serviços.

“Temos alguns produtos já no forno, sempre com a visão de facilitar a vida de ambos empregador e trabalhador. Um dos destaques que deve ser lançado em breve é um serviço de gestão de escala, tarefa que costuma ser bastante desafiadora nas empresas”, revela Altman.