Negócios

Azul pede autorização de novos voos para BH e Curitiba

Empresa também quer elevar frequências diárias no Aeroporto Santos Dumont e em Confins


	Aviões da Azul: aeronaves turboélice ATR da empresa devem voar de Guarulhos a Belo Horizonte
 (Divulgação/Azul)

Aviões da Azul: aeronaves turboélice ATR da empresa devem voar de Guarulhos a Belo Horizonte (Divulgação/Azul)

DR

Da Redação

Publicado em 17 de janeiro de 2013 às 16h05.

São Paulo - A Azul Linhas Aéreas pediu autorização à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar dois novos voos diários a partir do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Os destinos são Belo Horizonte (Pampulha) e Curitiba. Segundo nota da companhia à imprensa, a Azul também pretende aumentar o número de frequências diárias no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O percurso Guarulhos-Curitiba terá oito voos, quatro deles partindo do aeroporto paulistano e outros quatro do paranaense. O mesmo ocorrerá no trecho Guarulhos-Pampulha. Além disso, foi feito pedido de autorização para mais duas novas frequências no trajeto Guarulhos-Confins e duas no trecho Guarulhos-Santos Dumont.

De acordo com a empresa aérea, o voo para Pampulha tem previsão de início em 20 de fevereiro. Em 18 de fevereiro terá início o voo para Curitiba e as novas frequências. A Azul vai utilizar aeronaves turboélice ATR, com capacidade para 70 passageiros, nos voos para Belo Horizonte (Pampulha) e o Embraer 195, com capacidade para 118, para as demais operações.

Acompanhe tudo sobre:AviaçãoAzulBelo Horizontecidades-brasileirascompanhias-aereasCuritibaEmpresasMinas GeraisSetor de transporte

Mais de Negócios

Anderson Silva fará última luta em solo brasileiro neste sábado; veja como acompanhar

Já reiniciou? Após mais de R$ 22 mi, startup do 'modem inteligente' começa a operar fora do país

Franquia ou um negócio próprio: qual compensa mais? Especialista tem a resposta

Como uma startup organizou uma vaquinha de R$ 76 milhões para o Rio Grande do Sul

Mais na Exame