Acompanhe:

Voo da EgyptAir desce no Uzbequistão por suspeita de bomba

Os passageiros e a tripulação foram retirados do avião, que foi levado para uma área segura e está sendo inspecionado por especialistas

Modo escuro

Continua após a publicidade

	EgyptAir: os passageiros e a tripulação foram retirados do avião, que foi levado para uma área segura e está sendo inspecionado por especialistas
 (Christian Hartmann / Reuters)

EgyptAir: os passageiros e a tripulação foram retirados do avião, que foi levado para uma área segura e está sendo inspecionado por especialistas (Christian Hartmann / Reuters)

D
Da Redação

Publicado em 8 de junho de 2016 às, 08h25.

Moscou - Um avião da companhia egípcia EgyptAir, que fazia o trajeto entre a cidade do Cairo, no Egito, e Pequim, na China, realizou nesta quarta-feira uma aterrissagem de emergência na cidade de Urgench, no Uzbequistão, devido à suspeita da presença de explosivos a bordo da aeronave.

O Airbus A-330, com 118 passageiros e 17 tripulantes, aterrissou em Urgench às 8h locais (0h de Brasília), após "receber informação sobre a possível presença de uma bomba a bordo", diz um comunicado da Uzbequistão Airways, a companhia aérea do país centro-asiático.

Os passageiros e a tripulação foram retirados do avião, que foi levado para uma área segura e está sendo inspecionado por especialistas uzbeques, acrescentou a Uzbequistão Airways, que é proprietária de todos os aeroportos do país.

A notícia foi antecipada pelo jornal "Al Wasat", do Bahrein, que informou, citando uma fonte da EgyptAir, que uma denúncia anônima alertou as autoridades egípcias sobre a presença da bomba no avião.

A cidade de Urgench fica na parte noroeste do Uzbequistão, na fronteira com o Turcomenistão, a cerca de 1.100 quilômetros da capital Tashkent.

Últimas Notícias

Ver mais
Irã fecha aeroportos e companhias aéreas redirecionam voôs após ataque israelense
Mundo

Irã fecha aeroportos e companhias aéreas redirecionam voôs após ataque israelense

Há 8 horas

Companhias aéreas suspendem voos e ajustam rotas para evitar região de tensão no Oriente Médio
Mundo

Companhias aéreas suspendem voos e ajustam rotas para evitar região de tensão no Oriente Médio

Há 4 dias

EUA 'não aceitará' produtos chineses vendidos abaixo do custo, diz Yellen
Mundo

EUA 'não aceitará' produtos chineses vendidos abaixo do custo, diz Yellen

Há uma semana

Pequim perde posto de cidade com mais bilionários da Ásia, segundo site; veja ranking
Mundo

Pequim perde posto de cidade com mais bilionários da Ásia, segundo site; veja ranking

Há 3 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais