Mundo

Trump tem arrecadação recorde de US$ 34,8 mi para campanha após condenação em processo criminal

Ex-presidente foi considerado culpado ao pagar US$ 130 mil dólares em suborno para a ex-atriz pornô

Donald Trump: ex-presidente foi condenado em julgamento histórico (Jeenah Moon/AFP)

Donald Trump: ex-presidente foi condenado em julgamento histórico (Jeenah Moon/AFP)

Beatriz Quesada
Beatriz Quesada

Repórter de Invest

Publicado em 31 de maio de 2024 às 13h45.

Última atualização em 31 de maio de 2024 às 14h29.

A equipe de campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos disse que o nível de doações diárias atingiu um novo recorde após a condenação do ex-presidente em processo criminal. Nesta quinta-feira, 30, Trump foi condenado por fraude envolvendo pagamento de suborno a uma ex-atriz pornô. 

A campanha republicana arrecadou US$ 34,8 milhões em pequenas doações em menos de sete horas após o veredicto histórico  que condenou Trump – ele é o 1º ex-presidente dos EUA na história a ser condenado em um caso criminal.

Segundo comunicado à imprensa, 29,7% dos doadores eram novos no WinRed, plataforma oficial de doações do Partido Republicano. O montante representa a maior arrecadação diária em doações recebida pela campanha.

O anúncio veio após os republicanos terem ultrapassado os democratas em doações no mês de abril. Trump arrecadou de US$ 76 milhões em abril, US$ 25 milhões a mais do que Biden no mesmo mês.

Entenda por que Trump foi condenado

Donald Trump foi acusado de fraude fiscal ao pagar US$ 130 mil dólares em suborno para a ex-atriz pornô Stormy Daniels, com quem o magnata teria tido um caso. O suborno havia sido disfarçado por meio de pagamentos fictícios ao seu então advogado Michael Cohen. Foram 34 acusações referentes a cada um dos 34 documentos fraudados.

O ex-presidente enfrenta ainda a acusação de maquiar gastos da campanha, já que o pagamento pelo silêncio foi feito durante a campanha eleitoral de 2016, na qual Trump acabou eleito presidente.

Trump foi condenado em júri de Manhattan, mas a pena ainda será anunciada em 11 de julho, às 10h da manhã na hora local. O ex-presidente pode pegar até quatro anos de prisão; porém, ainda poderá recorrer da sentença em cortes superiores. Existe também a possibilidade que Trump tenha atenuação da pena devido à idade avançada de 77 anos. A condenação pode ser convertida em prisão domiciliar, liberdade condicional ou serviços comunitários. 

O republicano enfrenta outros três processos criminais. Eles envolvem tentativas de anular os resultados das eleições que perdeu para Biden em 2020 e o destino e uso de documentos confidenciais que Trump levou consigo depois de deixar a presidência dos EUA. A expectativa, no entanto, é que esses processos não avancem até as eleições de novembro.

Veja também

Acompanhe tudo sobre:Donald TrumpEleições EUA 2024

Mais de Mundo

“Davos in the Desert” arrives in Rio to search for opportunities between Brazil and Saudi Arabia

“Davos do deserto” chega ao Rio com foco nas oportunidades entre Brasil e Arábia Saudita

Eleições dos EUA terão semanas decisivas; entenda o que estará em jogo

Partido Conservador francês propõe aliança com extrema direita para eleições no Parlamento

Mais na Exame