Mundo

Terremoto abala costa nordeste do Japão e gera alerta de tsunami

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, disse que o governo está trabalhando para avaliar a extensão de eventuais danos causados pelo tremor

Terremoto: com magnitude de 7,3, tremor atingiu região de Fukushima. (Issei Kato/Reuters)

Terremoto: com magnitude de 7,3, tremor atingiu região de Fukushima. (Issei Kato/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 16 de março de 2022 às 14h10.

Última atualização em 16 de março de 2022 às 14h39.

Um forte terremoto atingiu a costa nordeste do Japão nesta quarta-feira, balançando prédios e provocando um alerta de tsunami.

O tremor teve magnitude de 7,3 e foi superior a 6 em uma escala de intensidade japonesa, o que significa que teve força suficiente para impedir que as pessoas permanecessem em pé, de acordo com a emissora pública NHK.

Quer saber tudo sobre a política internacional? Assine a EXAME e fique por dentro.

O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, disse que o governo está trabalhando para avaliar a extensão de eventuais danos causados pelo tremor.

A mesma região foi atingida por um grande terremoto seguido por um tsunami em 2011 que provocou o desastre nuclear de Fukushima.

A Tokyo Electric Power Company informou que cerca de 2 milhões de domicílios estão sem energia elétrica e que está checando as condições dos reatores da usina nuclear de Fukushima, disse a NHK.

Autoridades alertaram os moradores das prefeituras de Fukushima, Miyagi e Yamagata que tremores secundários são esperados.

Acompanhe tudo sobre:JapãoTerremotosTóquioTsunami

Mais de Mundo

Para aumentar inovação, Xangai emite regulamento para gestão de projetos de tecnologias disruptivas

Aprovação de Lei de Bases marca nova fase de Milei, diz analista argentino

Irã está expandindo suas capacidades nucleares, diz agência de energia atômica da ONU

Inflação na Argentina cai pela metade e atinge 4,2% em maio

Mais na Exame