Acompanhe:

PSDB recorre ao TSE contra Instituto Sensus

Sondagem apresentada na terça pelo instituto mostra empate técnico entre os candidatos José Serra e Dilma Rousseff

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

T
Talita Abrantes

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h36.

São Paulo - O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) entrou com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o Instituto Sensus. Na última terça, o grupo de pesquisa divulgou sondagem de intenção de votos que mostrava empate técnico entre os candidatos José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT).

O partido alega que o instituto não cumpriu o prazo estabelecido por lei para a divulgação de pesquisa de intenção de votos. De acordo com as regras do TSE, o resultado pode ser publicado cinco dias depois da inscrição da pesquisa na Justiça Eleitoral.

Segundo o partido, o Sensus cadastrou a pesquisa no último dia 5 de abril. No entanto, no último dia 9, alterou dados referentes ao sindicato contratante do levantamento. Por isso, os resultados deveriam ter sido divulgados na última quarta-feira (14) e não na terça (13).

Na inscrição inicial da pesquisa, o instituto informou que o Sindicato de Trabalhadores em Concessionárias de Rodovias (Sindecrep) havia encomendado a pesquisa. A direção do sindicato, contudo, negou o pedido. O Sensus, então, alterou o cadastro e incluiu o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada e Afins do Estado de São Paulo (Sintrapav) como o responsável pela contratação do levantamento. Se a representação for julgada em favor do partido, o instituto pode pagar multa de até 53 mil reais.

A sondagem de votos feita pelo Instituto Sensus apresentou o resultado mais apertado até agora. Nela, o tucano José Serra e a petista Dilma Rousseff estariam empatados com 32,7% e 32,4% dos votos, respectivamente.  O candidato Ciro Gomes (PSB) teria 10,1%, e Marina Silva (PV), 8,1%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

A pesquisa ouviu 2.000 pessoas em 24 estados entre os dias 5 e 9 de abril.
 

 

 

Últimas Notícias

Ver mais
Aliados de Nunes dizem que filiação de Aldo Rebelo ao MDB dificulta sua indicação para vice
Brasil

Aliados de Nunes dizem que filiação de Aldo Rebelo ao MDB dificulta sua indicação para vice

Há 13 horas

Aldo Rebelo troca PDT por MDB e mira vice de Ricardo Nunes
Brasil

Aldo Rebelo troca PDT por MDB e mira vice de Ricardo Nunes

Há 15 horas

Debandada no PSDB em SP e força do PSD no Rio: as movimentações no fim da janela partidária
Brasil

Debandada no PSDB em SP e força do PSD no Rio: as movimentações no fim da janela partidária

Há 16 horas

Aécio Neves avalia debandada no PSDB em SP e culpa Doria por crise: 'Esfacelou o partido'
Brasil

Aécio Neves avalia debandada no PSDB em SP e culpa Doria por crise: 'Esfacelou o partido'

Há 19 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais