Acompanhe:

Dezenas de países reunidos no Panamá fecharam um acordo para criar um fundo de investimento com o objetivo de ajudar a financiar a luta contra o tabaco, anunciou nesta quinta-feira, 15, a chefe da Secretaria da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da Organização Mundial da Saúde (OMS), Adriana Blanco.

"Esta é uma forma inovadora de gerar recursos" para ajudar a financiar a implementação dos acordos internacionais contra o tabaco, descreveu Adriana. Estima-se que o tabaco mate mais de 8 milhões de pessoas por ano no mundo, entre elas 1,3 milhão de fumantes passivos, segundo a OMS.

A criação do fundo foi decidida na terceira reunião (MOP3) do Protocolo contra o Comércio Ilícito de Produtos do Tabaco, que terminou ontem e se seguiu à décima conferência (COP10) dos signatários da Convenção-Quadro.

"Está sendo considerado um capital de 25 milhões de dólares [124 milhões de reais] para o Protocolo e o dobro para a Convenção-Quadro, que serão gerenciados em conjunto", indicou Adriana em entrevista coletiva, após o encerramento da MOP3. "Esse capital será aportado no Banco Mundial, onde será investido, e o rendimento ficará à disposição da reunião das partes" para financiar pesquisas e outras ações, acrescentou. Após alguns anos, o capital original será devolvido aos doadores.

"Temos doadores interessados. Não podemos dizer quem são, em respeito à confidencialidade do processo. Certamente, quando o compromisso for oficializado, isso será divulgado", ressaltou Adriana.

A Convenção-Quadro, em vigor desde 2005, tem 183 signatários, e o Protocolo, em vigor desde 2018, 68. A MOP3 culminou no compromisso de fortalecer a luta contra o comércio ilegal de tabaco com o uso da tecnologia e a cooperação internacional.

Cerca de 10% do mercado mundial de cigarros é ilícito, mas, em alguns países, esse número supera 50%, segundo estimativas da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que faz parte da OMS. "Está claramente documentado que a indústria do tabaco está envolvida no comércio ilegal, embora diga que é vítima", ressaltou Adriana.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Hepatites virais matam 3,5 mil por dia no mundo, alerta OMS
Mundo

Hepatites virais matam 3,5 mil por dia no mundo, alerta OMS

Há 4 dias

Negociações na OMS sobre acordo para futuras pandemias ainda enfrentam obstáculos
Mundo

Negociações na OMS sobre acordo para futuras pandemias ainda enfrentam obstáculos

Há 2 semanas

Brasil atinge 2 milhões de casos prováveis de dengue
Brasil

Brasil atinge 2 milhões de casos prováveis de dengue

Há 3 semanas

Ministro compara combustíveis fósseis ao cigarro e quer dinheiro do petróleo na transição energética
ESG

Ministro compara combustíveis fósseis ao cigarro e quer dinheiro do petróleo na transição energética

Há 3 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais