Mundo

Londres cancela eventos de Ano-Novo devido à variante ômicron

Com o cancelamento das festividades, Londres segue os passos de Paris que também anunciou o cancelamento da queima de fogos e shows

Oxford Street, em Londres.  REUTERS/Peter Nicholls/File Photo (Peter Nicholls/Reuters)

Oxford Street, em Londres. REUTERS/Peter Nicholls/File Photo (Peter Nicholls/Reuters)

A

AFP

Publicado em 20 de dezembro de 2021 às 19h33.

Última atualização em 20 de dezembro de 2021 às 19h45.

A capital do Reino Unido irá cancelar as festividades previstas para o Ano-Novo, ante o aumento das infecções pela variante ômicron do novo coronavírus, anunciou nesta segunda-feira o prefeito de Londres, Sadiq Khan.

"Com infecções em níveis recorde em nossa cidade e no Reino Unido, estou determinado a fazer tudo o que puder para reduzir a disseminação da nova variante e garantir que nossos serviços [de saúde pública] não fiquem saturados neste inverno", disse Khan.

"Isso significa que não iremos mais sediar a comemoração planejada para 6.500 pessoas em Trafalgar Square", anunciou o prefeito. "Será bastante decepcionante para muitos londrinos, mas temos de tomar as medidas adequadas para reduzir a disseminação do vírus."

Com o cancelamento das festividades, Londres segue os passos de Paris, a qual anunciou neste sábado que cancelaria a queima de fogos e os shows programados para a Avenida Champs-Elysées na virada do ano.

Acompanhe tudo sobre:ano-novoCoronavírusReino Unido

Mais de Mundo

Governo argentino aprova a Lei Bases no Senado com protestos nas ruas

Lula participa hoje de evento da OIT em Genebra e deve defender trabalho decente e combate à fome

G7 se reúne na Itália para discutir ajuda à Ucrânia e cessar-fogo em Gaza

Mundo bate recorde de deslocados pelo 12º ano consecutivo, afirma ONU

Mais na Exame