Acompanhe:

Indicação a vice de Serra pega fogo no Twitter

Enquanto líderes do DEM criticavam a escolha de mais um tucano para a chapa, Roberto Jefferson escrevia palavrões contra o Democratas

Modo escuro

Continua após a publicidade
Presidente do PTB, Roberto Jefferson, usa um palavrão contra o Democratas em mensagem no Twitter (./Reprodução)

Presidente do PTB, Roberto Jefferson, usa um palavrão contra o Democratas em mensagem no Twitter (./Reprodução)

P
Peri de Castro e Amanda Luz

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h36.

São Paulo - Adiada até a última hora pelo PSDB, a escolha do candidato à Vice-Presidência na chapa de José Serra detonou uma onda de comentários pouco diplomáticos no Twitter por parte de figuras importantes dos partidos de oposição ao presidente Lula.

Até esta sexta-feira (25), o Democratas, aliado do PSDB na campanha presidencial, ainda tinha esperança de emplacar um vice, enquanto parte do PSDB insistia na necessidade de uma chapa "puro-sangue".

Ao longo da tarde, porém, o rumor de que o escolhido seria o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) começou a ganhar força na imprensa. Serra desconversou e o PSDB evitou se pronunciar, mas, o próprio parlamentar se encarregou de confirmar, primeiro em entrevistas e depois em seu perfil no Twitter, a indicação a vice.

"O meu agradecimento ao PSDB e ao José Serra pela honra dessa convocação", escreveu Álvaro Dias na rede social.

Antes mesmo de a confirmação aparecer no perfil do senador, no entanto, o Twitter já tinha se transformado em canal de desabafo para líderes do partido preterido com a escolha.

O deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO), vice-presidente do partido, chamou a decisão de golpe, em uma das dezenas de mensagens que postou sobre o tema.

"O PSDB queria que diante desse golpe o Democratas ficasse calado, com o rabo entre as pernas, acatando o desrespeito", escreveu.

Em seguida, fez referência ao colega Paulo Bornhausen (DEM-SC), líder do partido na Câmara, para mandar um recado aos tucanos.

"Acordo é acordo. A vice era do DEM. Queremos ajudar o País, mas se PSDB não quer ganhar a eleição, como disse @bornhausen, "hasta la vista"!", afirmou.

Caiado também criticou o próprio José Serra. 


"O poder do Serra de desorganizar as coisas é fora do comum. O Álvaro Dias não acrescenta nada e desagrega muito", disparou em mais uma mensagem.

O deputado Felipe Maia (DEM-RN) aproveitou as mensagens de Caiado para se juntar ao coro de insatisfeitos.

"Ele tem razão! O DEM não poderia saber da indicação do vice pela imprensa. Que tipo de parceria é esta?" questionou em seu perfil.

O contrapeso ao chumbo grosso dos Democratas veio nas palavras pouco gentis do presidente do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson.

"O DEM é uma merda", afirmou Jefferson em seu perfil no Twitter, em resposta a um comentário sobre o tema.

Pouco tempo depois, a mensagem foi apagada do perfil do ex-deputado, que não se pronunciou mais a respeito da escolha a vice.

As manifestações pelo Twitter refletem a indefinição em torno da chapa tucana. Diante da recusa do DEM em aceitar uma indicação à sua revelia, a base do partido pode sofrer rachaduras sérias e complicar a situação de José Serra.

Na quarta-feira (24), pesquisa CNI/Ibope apontou a principal adversária de Serra, a petista Dilma Rousseff, em primeiro lugar na corrida presidencial, com 40% das intenções de voto, ante 35% do candidato tucano. Foi a primeira vez que Dilma ultrapassou o rival nas sondagens para a corrida rumo à Presidência.
 


Últimas Notícias

Ver mais
Coreia do Sul inicia eleições legislativas cruciais para o presidente
Mundo

Coreia do Sul inicia eleições legislativas cruciais para o presidente

Há 5 dias

Após janela partidária, PSDB fica sem vereador em 12 capitais; veja lista
Brasil

Após janela partidária, PSDB fica sem vereador em 12 capitais; veja lista

Há uma semana

A nova direita brasileira e o pensamento econômico liberal, segundo pesquisadora da Cebrap
Brasil

A nova direita brasileira e o pensamento econômico liberal, segundo pesquisadora da Cebrap

Há uma semana

Aliados de Nunes dizem que filiação de Aldo Rebelo ao MDB dificulta sua indicação para vice
Brasil

Aliados de Nunes dizem que filiação de Aldo Rebelo ao MDB dificulta sua indicação para vice

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais