Mundo

Haverá decisões difíceis sobre dívida após eleições, diz Obama

A dívida norte-americana e o déficit orçamentário anual superior a 1 trilhão de dólares são dois dos maiores problemas que desafiam parlamentares

Obama tem frequentemente travado disputas com oponentes republicanos no Congresso norte-americano e tem estado na mira das críticas (.)

Obama tem frequentemente travado disputas com oponentes republicanos no Congresso norte-americano e tem estado na mira das críticas (.)

DR

Da Redação

Publicado em 13 de setembro de 2010 às 23h31.

Estados Unidos - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse na segunda-feira que Washington enfrentará difíceis decisões para conter sua crescente dívida.

Ele espera que democratas e republicanos declarem um cessar-fogo após as eleições legislativas a fim de trabalharem juntos na resolução dos problemas.

A dívida norte-americana e o déficit orçamentário anual superior a 1 trilhão de dólares são dois dos maiores problemas que desafiam parlamentares. Democratas e republicanos divergem bastante sobre como resolvê-los.

"Vamos ver se republicanos e democratas podem se juntar e tomar algumas decisões difíceis --e elas vão ser decisões difíceis", afirmou Obama.

Os dois partidos discordam sobre se devem estender os cortes de impostos implementados no governo Bush que expiram no fim deste ano.

Os republicanos querem que todos créditos sejam estendidos, enquanto os democratas buscam limitá-los para famílias cuja renda seja inferior a 250 mil dólares anuais.

Obama tem frequentemente travado disputas com oponentes republicanos no Congresso norte-americano e tem estado na mira das críticas.

Contudo, o presidente acredita que, passada a eleição, haverá a possibilidade de uma melhor relação de trabalho.

Muitos analistas políticos acreditam que os republicanos podem tirar os democratas do controle da Câmara dos Deputados em 2 de novembro e, possivelmente, também do Senado.

Leia mais sobre Estados Unidos

Siga as últimas notícias de Economia no Twitter

Acompanhe tudo sobre:Barack ObamaEleiçõesEstados Unidos (EUA)Países ricosPersonalidadesPolíticos

Mais de Mundo

Otan anuncia ‘muro de drones’ em sua fronteira com a Rússia após nova provocação de Moscou

Tratado para preparar o mundo para a próxima pandemia termina sem acordo

Onda de calor: México registra 48 mortes devido às altas temperaturas

Pandemia de covid reduziu em quase 2 anos expectativa de vida entre 2019 e 2021

Mais na Exame