Acompanhe:

EUA faz primeiro teste completo de míssil hipersônico

O teste foi realizado na sexta-feira passada, 9, no sul da Califórnia; desta vez, o projétil foi disparado a partir de um avião-bombardeiro

Modo escuro

Continua após a publicidade
Míssil hipersônico: projétil foi disparado a partir de um avião-bombardeiro B-52H Stratofortress (AFP/AFP Photo)

Míssil hipersônico: projétil foi disparado a partir de um avião-bombardeiro B-52H Stratofortress (AFP/AFP Photo)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 14 de dezembro de 2022 às, 12h07.

Última atualização em 14 de dezembro de 2022 às, 14h17.

A Força Aérea dos Estados Unidos completou seu primeiro teste com o protótipo completo do míssil hipersônico AGM-183A ARRW. De acordo com um comunicado dos militares americanos, o projétil atingiu uma velocidade mais de cinco vezes superior ao som antes de acertar o alvo.

O teste foi realizado na sexta-feira passada, 9, no sul da Califórnia. De acordo com o comunicado da Força Aérea, testes anteriores haviam focado apenas na detonação. Desta vez, o projétil foi disparado a partir de um avião-bombardeiro B-52H Stratofortress.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

"Após a separação do ARRW [Arma de Resposta Rápida Lançada do Ar na sigla em inglês] da aeronave, ele atingiu velocidades hipersônicas superiores a cinco vezes a velocidade do som, completou sua trajetória de voo e detonou na área do alvo final. As indicações mostram que todos os objetivos foram alcançados", relata o comunicado.

A Lockheed Martin, fabricante do AGM-138A, publicou um vídeo em suas redes sociais comemorando o resultado dos testes e mostrando algumas imagens do sobrevoo do bombardeiro e da fabricação do projétil, afirmando que o resultado demonstra a capacidade operacional do armamento.

"Não um. Não dois. Mas três - seguidos! Este último teste de voo bem-sucedido comprova o design da arma de resposta rápida lançada do ar (ARRW) e demonstra sua capacidade em velocidades hipersônicas", escreveu a fabricante na publicação.

LEIA TAMBÉM: Rússia usa mísseis ucranianos antigos como isca contra Ucrânia

De acordo com o comunicado da Força Aérea dos EUA, o ARRW foi projetado para permitir que o país determine e ataque alvos fixos, de alto valor em ambientes contestados, nos quais o tempo do ataque é um fator de risco.

"Estou imensamente orgulhoso da tenacidade e dedicação que esta equipe demonstrou para fornecer uma capacidade vital aos nossos combatentes", disse o brigadeiro Jason Bartolomei, oficial executivo do Programa da Direção de Armamento, enaltecendo o fato de que todo o processo de desenvolvimento de design, fabricação e testes foi concluído em cinco anos.

LEIA TAMBÉM:

Últimas Notícias

Ver mais
Guerra Fria da IA tem novo capítulo: um investimento bilionário da Microsoft no Golfo
Inteligência Artificial

Guerra Fria da IA tem novo capítulo: um investimento bilionário da Microsoft no Golfo

Há 10 horas

Dirigente do Fed reforça que não há pressa para reduzir juros nos EUA
Economia

Dirigente do Fed reforça que não há pressa para reduzir juros nos EUA

Há 11 horas

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel
Mundo

Câmara dos Representantes vai votar separadamente ajuda a Ucrânia e Israel

Há 12 horas

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de R$ 3,2 milhões
Mundo

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de R$ 3,2 milhões

Há 12 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais