Mundo

Decisão de Trump de sair do TPP foi erro estratégico, diz senador

A retirada dos EUA do pacto levou os outros 11 países que faziam parte do acordo a considerar um TPP2, na tentativa de preservar os benefícios

Trump: "a Austrália está conversando agora com o Japão e com outros países sobre como avançar com o TPP", disse o republicano (Kevin Lamarque/Reuters)

Trump: "a Austrália está conversando agora com o Japão e com outros países sobre como avançar com o TPP", disse o republicano (Kevin Lamarque/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 30 de maio de 2017 às 21h20.

Canberra - O senador republicano John McCain (Arizona) afirmou que a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de retirar o país da Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês) foi um "grande erro estratégico", acrescentando que um futuro governo pode reverter esse movimento.

"Eu sei que a Austrália está conversando agora com o Japão e com outros países sobre como avançar com o TPP, apesar da retirada dos EUA. Eu incentivaria isso fortemente", disse McCain nesta terça-feira, em um discurso durante visita à Austrália.

"Espero que algum dia, no futuro, em circunstâncias diferentes, os EUA decidam se juntar a vocês", afirmou o senador.

A retirada dos EUA do pacto comercial levou os outros 11 países que faziam parte do acordo a considerar um TPP2, na tentativa de preservar os benefícios do negócio.

Fonte: Dow Jones Newswires

Acompanhe tudo sobre:Donald TrumpEstados Unidos (EUA)Parceria Transpacífico

Mais de Mundo

Julian Assange, fundador do WikiLeaks, vai se declarar culpado; entenda

Suprema Corte dos EUA vai avaliar lei que proíbe tratamento hormonal para menores transexuais

Rússia ameaça EUA com 'consequências' após ataque ucraniano na Crimeia

Ex-baixista do Nirvana anuncia candidatura à presidência dos Estados Unidos

Mais na Exame