Acompanhe:

Coreia do Norte dispara míssil balístico que sobrevoa o Japão

É a quinta rodada de testes de armas do país nos últimos 10 dias, no que foi visto como uma aparente resposta aos exercícios militares entre a Coreia do Sul e os EUA

Modo escuro

Continua após a publicidade
Homem acompanha lançamento de míssel na TV: Coreia do Norte dispara míssil balístico que sobrevoa o Japão (Jung Yeon-je/AFP)

Homem acompanha lançamento de míssel na TV: Coreia do Norte dispara míssil balístico que sobrevoa o Japão (Jung Yeon-je/AFP)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 4 de outubro de 2022 às, 06h46.

A Coreia do Norte disparou nesta terça-feira, 3, local um míssil balístico sobre o Japão, disseram seus vizinhos, aumentando os testes de armas projetadas para atingir alvos-chave em aliados regionais dos Estados Unidos em meio à diplomacia nuclear paralisada.

O gabinete do primeiro-ministro japonês disse que pelo menos um míssil disparado da Coreia do Norte sobrevoou o Japão e acredita-se que tenha caído no Oceano Pacífico.

 Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo toda manhã no seu e-mail. Cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Ele disse que as autoridades emitiram um alerta aos moradores das regiões do nordeste para evacuar os prédios próximos no que teria sido o primeiro alerta desse tipo em cinco anos. Os trens foram temporariamente suspensos nas regiões japonesas de Hokkaido e Aomori antes de suas operações serem retomadas mais tarde, após um aviso do governo de que o míssil norte-coreano parecia ter caído no Pacífico.

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul disse que também detectou o lançamento de um míssil balístico que foi disparado em direção às águas orientais do Norte. Não deu mais detalhes, como a distância que a arma voou.

O lançamento é a quinta rodada de testes de armas da Coreia do Norte nos últimos 10 dias, no que foi visto como uma aparente resposta aos exercícios militares entre a Coreia do Sul e os Estados Unidos. A Coreia do Norte vê esses exercícios como um ensaio de invasão.

Os mísseis disparados durante as últimas quatro rodadas de lançamentos foram de curto alcance e caíram nas águas entre a Península Coreana e o Japão. Esses mísseis são capazes de atingir alvos na Coreia do Sul.

LEIA TAMBÉM: Coreia do Norte defende anexação de territórios ucranianos pela Rússia

Últimas Notícias

Ver mais
Rússia anuncia novas conquistas territoriais na Ucrânia após dois anos de ofensiva
Mundo

Rússia anuncia novas conquistas territoriais na Ucrânia após dois anos de ofensiva

Há 3 horas

'Nunca haverá segurança para Israel enquanto Palestina não tiver seus direitos garantidos', diz UE
Mundo

'Nunca haverá segurança para Israel enquanto Palestina não tiver seus direitos garantidos', diz UE

Há 3 horas

Putin faz voo em bombardeiro supersônico que carrega até 20 armas nucleares e pode alcançar os EUA
Mundo

Putin faz voo em bombardeiro supersônico que carrega até 20 armas nucleares e pode alcançar os EUA

Há 4 horas

Governo argentino fecha Instituto Nacional contra a Discriminação, Xenofobia e Racismo
Mundo

Governo argentino fecha Instituto Nacional contra a Discriminação, Xenofobia e Racismo

Há 4 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais