Mundo

Começam obras do complexo eólico de no Rio Grande do Norte

O parque contará com uma potência de 150 megawatts


	Complexo eólico: o parque será um dos primeiros do país e deverá começar a operar no final do próximo ano
 (Getty Images)

Complexo eólico: o parque será um dos primeiros do país e deverá começar a operar no final do próximo ano (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 17 de outubro de 2012 às 12h57.

Madri - A companhia elétrica espanhola Iberdrola e o consórcio brasileiro Neoenergia, do qual controla 39%, iniciaram as obras de construção do complexo eólico de Carlango, no Rio Grande do Norte, que contará com uma potência de 150 megawatts (mw).

O complexo, que será um dos maiores do país e deverá começar a operar no final do próximo ano, estará integrado por cinco parques eólicos de 30mw de potência cada.

Com mais este projeto, a Iberdrola e a Neoenergia passam a ter 10 parques eólicos em fase de construção no Brasil, os quais alcançarão uma capacidade de 288mw.

As outras cinco instalações - Mel 2 (20mw) e Arizona 1 (28mw), no estado do Rio Grande, e o complexo de Caetité (90mw), formado por três parques de 30 mw de potência - já se encontram em um avançado estado de desenvolvimento.

A potência destas 10 infraestruturas eólicas captará energia suficiente para fornecer eletricidade a cerca de 450 mil brasileiros e evitar a emissão de 510 mil toneladas anuais de CO2.

A fase de construção de todos estes parques propiciará a criação de mais de 200 postos de trabalho, além dos profissionais que ficarão responsáveis pela operação e manutenção.

Todos os projetos são financiados através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco do Brasil, graças à assinatura de dez créditos que somam um total de 300 milhões de euros. 

Acompanhe tudo sobre:EnergiaEnergia eólicaInfraestruturaRio Grande do Norte

Mais de Mundo

Com margem estreita, Milei tenta aprovar pacote de reformas no Senado argentino

Às vésperas do G7, EUA anuncia mais sanções contra Rússia pela guerra na Ucrânia

Gorjetas no exterior: dicas para viajar sem estresse

Milei retira Aerolíneas e Correios de lista de privatizações para tentar aprovar Lei de Bases

Mais na Exame