Mundo

China impõe medidas retaliatórias a 12 empresas dos EUA e executivos

As sansões impostas pelo governo chinês também atingem executivos das empresas, que serão impedidos de entrar no país

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 22 de maio de 2024 às 10h32.

A China afirmou nesta quarta-feira, 22, que irá impor medidas retaliatórias a 12 empresas dos EUA, em meio a crescentes tensões comerciais entre as duas maiores economias do mundo. As sanções também atingem altos executivos das empresas, que serão impedidos de entrar em território chinês. As empresas punidas incluem unidades da Lockheed Martin e da Raytheon. O anúncio veio cerca de uma semana depois de os EUA elevarem tarifas sobre uma série de produtos importados da China, incluindo chips e veículos elétricos.

Acompanhe tudo sobre:ChinaEstados Unidos (EUA)Economia

Mais de Mundo

Astronauta da Nasa divulga foto de São Paulo vista da Estação Espacial

Netanyahu dissolve gabinete de guerra de Israel

Proposta de Trump para isentar gorjetas de impostos pode custar R$ 1,2 trilhão aos EUA

Ucrânia quer adiar pagamento de dívida bilionária; credores recuam da proposta

Mais na Exame